Terça-Feira , 27 Setembro 2016

O prefeito ACM Neto anunciou nesta terça-feira (31), durante inauguração da Prefeitura-Bairro Barra/Pituba, os nomes dos novos secretários que vão assumir os cargos deixados pelos integrantes da administração que se desligaram para participar de uma possível disputa eleitoral. Os secretários Luiz Carreira (Casa Civil), Bruno Reis (Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza), Guilherme Bellintani (Educação), Silvio Pinheiro (Sucom) e João Roma (Chefe de Gabinete) serão substituídos, respectivamente, por Moisés de Oliveira Andrade Júnior, Ana Paula Matos, Joelice Braga, José Sérgio Guanabara e Luiz Antonio Galvão.

“Agradeço a todos pelo excelente trabalho e desejo boa sorte aos novos secretários. O importante é que os substitutos já participam da gestão e das equipes das secretarias, conhecem o trabalho e o meu método administrativo. São soluções técnicas e de carreira, com experiência de gestão”, afirmou o prefeito.

Neto disse também que, com os novos secretários, mais duas mulheres se integram ao primeiro escalão. “Contamos, agora, com seis mulheres ocupando cargos de secretárias, o que demonstra nossa valorização e reconhecimento ao trabalho feminino”, disse o prefeito. ACM Neto afirmou também que o coordenador-geral das Prefeituras-Bairro, Reinaldo Braga Filho, também deixará administração municipal em meados de junho para disputar a Prefeitura de Xique-Xique e será substituído por Júnior Magalhães, que, até esta terça-feira, coordenava o Gabinete da Prefeitura em Ação.

Prefeitura-Bairro Barra/Pituba – A Prefeitura-Bairro inaugurada nesta terça-feira contará com os serviços dos principais órgãos municipais, como já acontece em outras sedes. No total, 30 colaboradores atuarão nos guichês destinados à Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Secretaria de Urbanismo (Sucom), entre outros, além da Coelba e Tribunal de Justiça. Já foram entregues também as sedes do Centro/Brotas, Subúrbio/Ilhas, Cajazeiras, Itapuã, Cidade Baixa, Cabula/Tancredo Neves, Pau da Lima e Liberdade.

Durante a apresentação dos resultados fiscais da Prefeitura no primeiro quadrimestre, na manhã desta terça-feira (31), o secretário Paulo Souto (Fazenda) revelou que o Brasil assistiu nos últimos anos uma combinação perversa de queda do PIB, aumento da inflação, explosão da dívida e um deficit brutal nas contas públicas, com as consequências já conhecidas para a economia e o desenvolvimento social do país. “O governo federal acaba de reconhecer um deficit de R$ 170 bilhões nas suas contas esse ano, sem dúvida o maior da história do país”, disse Souto.

Em sua apresentação, que aconteceu no Centro Cultural da Câmara Municipal, Paulo Souto disse que as consequências desta situação se projetam sobre grande parte dos estados e municípios, que não se prepararam para essa contingência. Para o secretário, no caso da Prefeitura, os reflexos da crise têm semelhanças, mas também diferenças essenciais em comparação com o que acontece com a União.

A principal semelhança é a queda real da arrecadação tributária, resultante dos impostos municipais, mas esse ano agravada pela diminuição significativa das transferências da União e do estado. O secretário ressaltou, entretanto, uma diferença fundamental no ambiente da crise entre a Prefeitura, a União e muitos estados e municípios. “A Prefeitura, antes da crise, tomou medidas eficazes para manter o equilíbrio fiscal, ao contingenciar sucessivamente seus orçamentos”. Este ano, por exemplo, a Prefeitura contingenciou R$ 1,5 bilhão e programou R$ 380 milhões a menos de gastos em relação a 2015.

Souto disse, ainda, que a Prefeitura realizou investimentos com recursos próprios e reduziu sua dívida corrente líquida para apenas 2,66% de sua receita corrente líquida, abrindo uma grande capacidade de endividamento nos próximos anos e, mesmo com a crise, deverá aumentar as suas aplicações em saúde e educação, além de manter seus compromissos financeiros com fornecedores e prestadores e investir em projetos prioritários, como o início das obras do Hospital Municipal.

Souto afirmou também que, mesmo tomando todos os cuidados, os sinais de alerta estão acesos. “As despesas correntes precisam ser mantidas absolutamente nos limites das receitas correntes, com total repúdio às pedaladas, que comprometem o futuro”.

Resultados – As receitas correntes mostraram uma queda real de 3,39%. Entretanto, esses números são bem diferentes quando se fazem os ajustes referentes ao Imposto de Renda Retido na Fonte, que não foi contabilizado integralmente em 2015, e quando se exclui a arrecadação extraordinária dos Depósitos Judiciais, o que mostra uma queda real de 8,84%. A regularização da arrecadação do IRFF de 2015 também se reflete na queda real da Receita Tributária, de 7,10%.

Todos os tributos municipais tiveram uma queda real, menor no ISS e no IPTU, mas mais expressiva no ITIV, que teve uma queda nominal de 30,85%, influenciando no desempenho da receita tributária. O secretário revelou que a queda real das transferências federais e estaduais foi de 12,63%, portanto um desempenho pior que a receita tributária.

Do lado das Despesas Correntes, a queda foi 2,71%. A dívida consolidada líquida, que era de R$ 1,31 bilhão em 2015, caiu para apenas R$ 135 milhões, principalmente pela quitação  da dívida de R$ 740 milhões com o governo federal.

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informa que primeira etapa do recadastramento dos táxis começa a partir desta quarta-feira (1). Portanto, os detentores de outorga para exploração e prestação do Serviço de Transporte Individual de Passageiros por Táxi (Setax) de Salvador, assim como os respectivos condutores auxiliares, devem realizar o pré-cadastramento online no site www.transalvador.salvador.ba.gov.br/ até o 31 de agosto desse ano.

No formulário online, os permissionários deverão preencher os seguintes quesitos: número do alvará, placa do veículo, nome completo do autorizatário, nome completo dos auxiliares 1 e 2, CPF ou CNPJ (se pessoa jurídica), RG, número e série da carteira de trabalho, título de eleitor, nº do CNIS, endereço e telefones. Vale constar que o pré-cadastramento via web é uma etapa imprescindível e a sua não realização implicará na impossibilidade de concluir o recadastramento e a vistoria anual obrigatória.

Em uma segunda etapa, no período de 4 de julho até 20 de dezembro, será realizado o recadastramento presencial no pátio da Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), localizado no Vale dos Barris. O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. A lista dos documentos que os permissionários devem apresentar pode ser conferida no link: bit.ly/DocumentosRecadastramentoTaxis.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio do Programa de Controle ao Tabagismo (PMCT), realiza nesta semana, quando se comemora o Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio), ações de combate ao uso do cigarro na Unidade de Saúde da Família (USF) Prof. Humberto Castro Lima, localizada na Rua Tomas Gonzaga, s/n, Pernambués. A iniciativa contará com a participação de ex-fumantes que participaram do programa e pessoas em tratamento.

A psicóloga Ticiana Hupsel, da USF, lembrou que em 2014 foi elaborado um projeto chamado Pernambuezinho Livre do Cigarro para combater o tabagismo na comunidade. Nesse projeto foram traçados vários métodos de trabalho: a promoção, a prevenção e o tratamento.  O tratamento acontece com cinco sessões semanais, com duração em média de 1h30. "Nesse grupo trabalhamos com métodos para deixar de fumar e estratégias. Em alguns casos há uso de medicação, principalmente o adesivo de nicotina", finaliza.

Ex-fumantes - Maria Rita foi fumante por 41 anos. Ela disse que conheceu o programa através do rádio. Ligou, fez a inscrição e foi chamada para fazer parte do grupo. Em um mês, já sentiu uma grande diferença no dia a dia.  “A voz, a respiração, a alimentação, o cheiro, o hálito, tudo melhorou cem por cento. Pretendo continuar ainda por muito tempo no grupo mesmo que não tenha mais adesivo. Eu decidi que não quero mais fumar, perdi minha mãe por conta do cigarro”, revelou.

Marcos Antônio também participa do PMCT. Ele, que adora esporte, afirmou que estava superdifícil conciliar as atividades com o uso de cigarro. “É um tratamento excelente, nós vemos a alegria das pessoas aqui. E além disso, o cheiro, as roupas, tudo fica mais cheiroso”, concluiu.

O tratamento totalmente gratuito oferecido nas unidades de saúde do município consiste, inicialmente, por uma avaliação clínica e um teste para estimar o grau de dependência química e psicológica dos pacientes. A partir daí os usuários passam a participar de sessões de grupo para discutir as doenças relacionadas ao tabaco e as vantagens de se parar de fumar. Os dependentes que tiverem necessidade são encaminhados para uso de medicamentos, também oferecidos gratuitamente pelo SUS. Os interessados em parar de fumar podem se cadastrar em uma das 26 unidades municipais que contam com o Programa de Tabagismo. Maiores informações através do 3202-1045.

 

O prefeito ACM Neto anunciou nesta segunda-feira (30), no Museu Carlos Costa Pinto, duas importantes medidas para a cultura na cidade. A primeira delas foi a assinatura do convênio com museu, que vai garantir que a entidade continue de portas abertas, através de um convênio no valor de R$300 mil. Na mesma solenidade, o prefeito apresentou o projeto Viva Cultura, através do qual o Executivo municipal vai abrir mão de R$60 milhões na arrecadação de tributos para beneficiar projetos na área cultural. O texto foi enviado para apreciação da Câmara de Vereadores.

Somente esse ano, pelo projeto do Viva Cultura, a Prefeitura vai abrir mão de R$3 milhões em receitas de ISS e IPTU. Caso aprovado, o projeto terá validade de dez anos. Esse valor poderá ser utilizado, por exemplo, por empresas interessadas em apoiar projetos culturais. Participaram da solenidade o secretário municipal de Cultura e Turismo, Érico Mendonça, o presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro, o presidente do Conselho Curador do Museu, Ronald Schenkels, a vice-prefeita Célia Sacramento, o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Câmara, entre outros edis e autoridades.

“Temos feito um esforço enorme para economizar, e tenho procurado preservar os investimentos na cultura. Não permito que se tire um centavo do que estava desenhado para a política cultural em Salvador. De um lado tem gente que só faz discurso, do outro lado tem gente que trabalha. Para mim, a cultura não pode ser prejudicada, como não podem ser prejudicadas a saúde e a educação. A gente aperta de um lado, aperta de outro, gasta menos com a Prefeitura para poder gastar com a cultura da cidade, garantindo sempre o equilíbrio das contas públicas, que é a coisa mais sagrada e é o legado mais importante que nós temos nesse momento para Salvador”, apontou o prefeito.

O secretário Érico Mendonça observou que a manutenção das atividades do museu, viabilizada a partir do convênio, fortalece o conjunto de equipamentos culturais na cidade, reforçados recentemente com a entrega dos espaços Carybé das Artes e Pierre Verger da Fotografia, instalados respectivamente nos fortes São Diogo e Santa Maria, na Barra. “São duas iniciativas que irão difundir a cultura em Salvador, dentro da política que estamos implantando nesse sentido, que já permitiu a inauguração ou reinauguração de equipamentos como a Casa do Rio Vermelho - Jorge Amado e Zélia Gattai, do Teatro Gregório de Mattos, da Casa do Benin e os fortes da Barra”, afirmou Érico Mendonça.

Sobre o Viva Cultura, o presidente da FGM, Fernando Guerreiro, emendou: “Hoje finalmente entregamos um projeto de lei que regulamenta o apoio a projetos culturais em nossa cidade, e se soma aos editais, ao fortalecimento do Boca de Brasa, à recuperação dos espaços e equipamentos. Enquanto todo mundo fala em crise, aqui se avança sempre com boas notícias. E o melhor é que essa é uma proposta para os próximos dez anos, ou seja, não vamos correr o risco de descontinuidade, que é algo que persegue as políticas culturais”.

Procedimento – Os incentivos fiscais serão do Viva Cultura concedidos na forma da emissão de Certificado de Incentivo ao Desenvolvimento Cultural (CIDEC), em nome do contribuinte incentivador, sendo pessoa física ou jurídica, após a transferência do recurso para o projeto cultural aprovado. Caberá à Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) emitir esse certificado, que será apenas destinado para pagamento de ISS e IPTU, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), demostrando o valor do projeto e do incentivo concedido. Os incentivos fiscais ficam limitados a, no máximo, 80% do valor de cada projeto cultural aprovado, que deverá ser oferecido ao público em geral, gratuitamente ou mediante cobrança de ingresso a preços populares. O texto, no entanto, poderá ser alterado pelos vereadores.

Convênio – Presidente do Conselho Curador do Museu Carlos Costa Pinto, Ronald Schenkels destacou a importância da assinatura do convênio e explicou que essa parceria representa a sobrevivência do museu. “Já tínhamos falado sobre fechar o museu e o convênio fez a diferença. A verdade é que esse convênio pode fazer com que a gente viva mais seis meses com as manutenções necessárias do museu. Vamos poder viver até o final do ano e, nesse meio tempo, vamos buscar mais parcerias para manter o espaço”, disse Schenkels, frisando que os recursos serão aplicados essencialmente na manutenção do espaço.

A Prefeitura-Bairro que vai atender à região administrativa da Barra/Pituba será inaugurada a partir das 14h desta terça-feira (31). A unidade está localizada na Rua Marquês de Monte Santo, número 300, no Rio Vermelho (em frente ao Posto Chaminé, ao lado do Quartel de Amaralina). A inauguração vai fazer parte da programação do Gabinete da Prefeitura em Ação, que vai ter uma agenda repleta de atividades ao longo de todo dia nas regiões Pituba/Barra e Centro Brotas.

As atividades começam às 10h, com a inauguração do Camelódromo de Cosme de Farias. Às 11h acontece a entrega da Escola Hildete Lomanto, no Garcia. Às 15h, será entregue, no bairro de Santa Cruz, a Escola Teodoro Sampaio. O prefeito ACM Neto também assina ordens de serviço para construção de creches, quadras e praças ao longo de todo o dia.

Os interessados deverão ir a um dos postos do SIMM, no Comércio - Rua Miguel Calmon, 382; em Cajazeiras - Estrada do Coqueiro Grande, 1.902; na Boca do Rio - Rua Abelardo Andrade de Carvalho, 141, anexo ao Colégio Imeja e Cabula - Praça da Mangueira, 84, Cabula VI, levando originais da carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e histórico escolar, além do número do PIS, Pasep ou NIS.

O público conta ainda com um ponto de atendimento do SIMM na Estação Ferroviária da Calçada, nas instalações da Agência da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), cujo horário de atendimento é das 8 às 14h.

A população também tem acesso ao atendimento do SIMM nas Prefeituras – Bairros Centro/Brotas, Cabula, Cajazeiras, Cidade Baixa, Itapuã, Pau da Lima e Subúrbio / Ilhas, para realização de cadastro, busca por vagas e encaminhamento para entrevistas e seleções.

Consultor de Vendas

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo masculino, imprescindível experiência com vendas de bebidas e alimentos, habilitação B, zoneada para moradores dos seguintes bairros: Matatu de Brotas, Vila Laura e Sete Portas.

2 vagas

Vendedor Porta a Porta

Ensino médio completo, sem experiência, sexo masculino, vaga zoneada para moradores de Salvador.

5 vagas

Técnico em Saúde Bucal

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, Imprescindível Curso Técnico em Saúde Bucal.

4 vagas

Operador de Caixa

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo feminino, vaga exclusiva para

moradores de Lauro de Freitas, Itapuã e São Cristovão.

3 vagas

Fiscal de Loja

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo masculino, vaga exclusiva para moradores de Lauro de Freitas, Itapuã e São Cristóvão. Disponibilidade de horário.

2 vagas

Supervisor de Contabilidade

Superior Completo em Ciências Contábeis, 6 meses de experiência, domínio na área fiscal e contábil.

1 vaga

Açougueiro

Fundamental completo, 6 meses de experiência, sexo masculino, disponibilidade de horário.

2 vagas

Pizzaiolo

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo masculino.

2 vagas

Auxiliar mecânico de refrigeração

Ensino médio completo, 6 meses de experiência.

1 vaga

Salgadeiro

Ensino fundamental completo, 6 meses de experiência.

1 vaga

Auxiliar de Padeiro

Ensino médio completo, 6 meses de experiência.

1 vaga

Manicure

Ensino médio completo, 6 meses de experiência.

2 vagas

Supervisor Técnico de Informática

Superior incompleto, 6 meses de experiência, habilitação B.

1 vaga

Babá

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo feminino, imprescindível experiência.

5 vagas

Empregada Doméstica

Ensino médio incompleto, 6 meses de experiência, sexo feminino, imprescindível

experiência.

5 vagas

Operador de Máquina de Bordado

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, sexo feminino, imprescindível

experiência na área.

2 vagas

Montador de Equipamentos de Telecomunicações

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Varredor de rua (jovem aprendiz)

Ensino médio incompleto, sem experiência, sexo masculino, imprescindível possuir

carteira de reservista.

15 vagas

Manicure

Ensino fundamental completo, imprescindível especialização em unhas de gel.

5 vagas

Médico Dentista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Médico Dermatologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Pediatra

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Otorrinolaringologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Oftalmologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Neurologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

A Prefeitura anuncia a partir das 15h desta segunda-feira (30) duas importantes iniciativas para apoiar a cultura na cidade. A primeira delas será a assinatura do convênio com o Museu Costa Pinto, que vai garantir que a entidade continue de portas abertas. O convênio, no valor de R$300 mil, será assinado pelo prefeito ACM Neto na sede do museu, no Corredor da Vitória. Na mesma solenidade, ACM Neto vai apresentar o projeto Viva Cultura, através do qual o Executivo municipal vai abrir mão de R$60 milhões na arrecadação de tributos para beneficiar projetos na área cultural. A apresentação do projeto, que será encaminhado hoje à Câmara de Vereadores, vai acontecer na mesma solenidade e contará ainda com a presença do secretário municipal de Cultura e Turismo, Érico Mendonça.

Somente este ano, pelo projeto do Viva Cultura, a Prefeitura vai abrir mão de R$3 milhões em receitas de ISS e IPTU. Esse valor poderá ser utilizado, por exemplo, por empresas interessadas em apoiar projetos culturais. "São duas iniciativas que irão difundir acultura em Salvador, dentro da política que estamos implantando nesse sentido, que já permitiu a inauguração ou reinauguração de equipamentos como a Casa do Rio Vermelho - Jorge Amado e Zélia Gattai, do Teatro Gregório de Mattos, da Casa do Benin e os fortes da Barra", afirmou Érico Mendonça.

A população de Salvador receberá as cinco primeiras das 31 Creches e Pré-escolas Primeiro Passo nesta segunda-feira (30). As inaugurações serão realizadas pelo prefeito ACM Neto e pelo secretário municipal da Educação, Guilherme Bellintani, sete meses após o anúncio da construção das unidades. As cinco creches têm capacidades para atender a mais de dois mil alunos.

As novas creches e pré-escolas terão capacidade para atender 405 alunos de 0 a 5 anos cada. As estruturas, padrão em todas as 31 a serem implantadas em diversos pontos da cidade, têm 783m² de área construída e são compostas por 10 salas de aula, brinquedoteca e biblioteca, refeitório, área de lazer e acessibilidade, dentre outros itens. As obras de outras 13 unidades, além das cinco que serão inauguradas, já estão em andamento. Seis delas estão em fase de conclusão.

As novas Creches e Pré-Escolas Primeiro Passo integram o Programa Combinado, que tem como uma das ações dobrar o número de vagas na Educação Infantil até o final de 2016. Com a ampliação, o segmento contará com um total de 40.379 vagas, sendo 25% delas na região do Subúrbio Ferroviário. O investimento de R$100 milhões é o maior já feito pela Prefeitura na Educação Infantil em toda a história da capital baiana. Todas as unidades do Primeiro Passo são fruto da parceria entre a Prefeitura e os shoppings da capital baiana.

Confira o cronograma das inaugurações desta segunda:

9h – Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Parque São Cristóvão - Rua Doutor Álvaro Pontes Bahia – Parque São Cristóvão (Ao lado da Escola Municipal Parque São Cristóvão)

9h40 - Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Sussuarana – Avenida Ulisses Guimarães – Sussuarana (Próximo a Churrascaria Bode na Brasa)

10h20 - Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Mata Escura - Rua Carlos Brandão da Silva – Mata Escura (Ao lado da Gráfica da Bahia)

11h - Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Cajazeiras VIII - Rua Demétrio Gouveia – Cajazeiras VIII (Dentro do CMEI Rafael de Oliveira, próximo ao posto de saúde)

12h – Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Tubarão – Rua Ray Charles – Tubarão (Subúrbio Ferroviário)

 

Um investimento de US$ 1 milhão para aplicação em um plano de infraestrutura, apoio técnico e troca de experiência com diversas metrópoles mundiais. Estes são alguns dos benefícios que Salvador passa a ter a partir da seleção que colocou a capital baiana no grupo “100 Cidades Resilientes”, da Fundação Rockefeller, que há mais de uma década investe em cidades de todo o planeta com o fornecimento de recursos técnicos e financeiros visando a implantação dos chamados planos de resiliência urbana, que tratam do soerguimento de grandes metrópoles que precisam encontrar soluções para adversidades, por meio de atuação em pontos frágeis específicos de cada lugar. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (25) pela fundação.

Salvador será a única entre as 37 novas cidades-membros a ingressar nessa rede global, conforme foi anunciado no último dia 25. Juntamente com Porto Alegre e Rio de Janeiro, que foram escolhidas nas rodadas anteriores, Salvador será o terceiro membro brasileiro da 100RC. Buenos Aires e Montevidéu são as únicas cidades sul-americanas a integrar o seleto grupo. No caso de Salvador, o foco será na questão das chuvas e dos deslizamentos, que têm sido um grande entrave ao desenvolvimento social ao longo dos anos, além de causar prejuízo material e a perda de vidas. A capital baiana será assistida com recursos e apoio técnico durante um ano e, a partir daí, terá que colocar em prática as ações desenvolvidas pelo grupo de trabalho.

O trabalho desenvolvido é um facilitador para que as cidades compartilhem e aprendam métodos próprios para tratar de problemas locais a partir de soluções e ideias já testadas (ou em análise) nos demais integrantes da rede. Isso porque essas metrópoles podem ainda não possuir o preparo adequado para lidar com grandes catástrofes climáticas, problemas sociais ou de saúde pública. Cada metrópole selecionada receberá US$ 1 milhão, que deve ser investido na formação de equipes. Ao todo, a iniciativa global prevê investimentos de US$164 milhões. Essas equipes serão gerenciadas por um diretor-geral de Resiliência, que em Salvador tem o secretário de Cidade Sustentável (Secis), André Fraga, como indicado.

A rede de Resiliência da Rockefeller Foundation atua há mais de uma década nos cinco continentes, com foco especial em regiões carentes da África e Ásia, exatamente para fomentar essa interlocução entre cidades. O anúncio faz parte do compromisso da fundação de criar uma rede de 100 cidades do mundo todo, através da qual já foram organizadas três rodadas que receberam mais de 1 mil inscrições. A escolha de Salvador foi baseada principalmente nas iniciativas adotadas pela cidade para enfrentar os desafios de uma infraestrutura antiga e preparar seus cidadãos para lidar com os choques repentinos - tais como enchentes - que vêm aumentando no século XXI. O programa 100RC permite às cidades projetar, implantar e gerenciar soluções proativas para os desafios criados pela urbanização, globalização e mudanças climáticas.

“Os jurados buscaram prefeitos inovadores, um elemento catalisador de mudanças recentes, um histórico de parcerias e a habilidade de trabalhar com uma grande variedade de stakeholders (‘partes interessadas’, em português)”, afirmou Michael Berkowitz, presidente da 100RC. “Salvador preencheu todos esses requisitos e ainda mais. Essa escolha também representa o compromisso da nossa organização com os cidadãos do Brasil, que têm mostrado muita determinação para enfrentar os desafios atuais”, acrescentou Berkowitz.

“Esta é uma notícia fantástica. Nossa cidade vem enfrentando muitos desafios, como acontece em todo o Brasil nestes dias difíceis, mas são essas dificuldades que têm nos estimulado a agir com maior determinação. Conseguimos, portanto, inovar a gestão pública e buscar parceiros que possam compartilhar conhecimentos e trazer novas soluções. Com isso, estamos encontrando novas formas de trabalhar para resolver problemas antigos e animados com os recursos, competências e parceiros que poderão colaborar com a cidade a partir de agora, graças à 100RC. Salvador é uma cidade rica em patrimônio e tradições, mas seguimos confiantes e focados na nossa modernidade. Em Salvador, estamos criando uma cidade para que os nossos cidadãos possam ascender às efetivas oportunidades de um Brasil do século XXI”, concluiu o prefeito ACM Neto.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que dez mil mortes são registradas diariamente em decorrência do consumo de cigarro em todo planeta. O estudo indica ainda que o tabaco é a principal causa de óbitos no mundo, seguida pelo álcool e pela inalação indireta do fumo, ou seja, que atinge aquele indivíduo que convive com fumantes. Apesar dos números alarmantes, o Ministério da Saúde destaca Salvador como a capital brasileira com o menor índice de fumantes, onde 7% da população adulta declara fazer uso do cigarro. 

O baixo consumo de tabaco na capital baiana é atribuído, além da conscientização da população, ao intenso trabalho realizado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), através do Programa de Controle ao Tabagismo (PMCT). "Somente no ano passado, aproximadamente mil pessoas participaram dos grupos de tabagismo nas nossas unidades de saúde. Nosso objetivo é não só a cessação do hábito de fumar, mas também a prevenção de recaídas. Com isso, atingimos uma média satisfatória de 43% dos participantes deixaram de usar o cigarro", afirmou Carla Germiniana, coordenadora do PMCT.

O tratamento totalmente gratuito oferecido nas unidades de saúde do município consiste, inicialmente, por uma avaliação clínica e um teste para estimar o grau de dependência química e psicológica dos pacientes. A partir daí, os usuários passam a participar de sessões de grupo para discutir as doenças relacionadas ao tabaco e as vantagens de se parar de fumar. Os dependentes que tiverem necessidade são encaminhados para uso de medicamentos, também oferecidos gratuitamente pelo SUS.

"Durante as sessões iniciais, havendo indicação, é introduzido algum dos medicamentos utilizados no tratamento do tabagismo, sendo que, dependendo do caso, poderá haver combinação de remédios para obtenção de um resultado mais satisfatório”, ressalta o Carla Germiniana. Os interessados em parar de fumar podem se cadastrar em uma das 26 unidades municipais que contam com o Programa de Tabagismo. Maiores informações através do 3202-1045.

Estão abertas as inscrições das oficinas gratuitas para os microempreendedores individuais em Salvador. Promovido pela Prefeitura, através do Centro do Empreendedor Municipal (CEM), o evento tem como objetivo capacitar o empreendedor para o melhor gerenciamento dos seus negócios.

As oficinas vão ocorrer entre os dias 6 e 20 do mês de junho, no próprio CEM, localizado na Rua Miguel Calmon, nº 382, no bairro do Comércio (mesmo prédio do Simm). As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas pelo telefone 0800 570 0800 (segunda a sexta, das 8h às 20h), pessoalmente no CEM ou ainda no Sebrae, localizado na Avenida Sete de Setembro, nº 261 - Mercês. Vale lembrar que as oficinas são direcionadas para microempreendedores individuais com CNPJ.

Programação -  Dia 06/06, das 13h às 17h,  oficina com o tema "Sei Vender"; dia 8/06, das 13h às 17h, oficina com o tema "Crédito para Microempreendedor"; dia 13/06, das 13h às 17h, "Sei Planejar"; dia 16/06, das 9h às 12h, oficina sobre administração de estoques; e dia 20/06, das 13h às 16h30, sobre divulgação na internet. Todas as oficinas serão realizadas no CEM.

Decreto nº 27.255, de 23 de maio de 2016, publicado no Diário Oficial do Município, regulamenta a instalação e uso do Parklet em Salvador. De acordo com o documento, o pedido para instalação e manutenção do equipamento por iniciativa de pessoas físicas e jurídicas, de direito público ou privado, fica sob a coordenação da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom). O Parklet, que tem o objetivo de criar um espaço de lazer e convivência para a população, é uma extensão temporária da calçada, com estruturas que se assemelham a uma pequena praça, onde anteriormente havia vagas de estacionamento de carros.

Segundo o decreto, no caso de pessoa física, o pedido para instalação do equipamento deverá ser acompanhado com cópia do documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Para pessoa jurídica, cópia do registro comercial, certidão de simplificada expedida pela Junta Comercial do Estado ou Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, ato constitutivo e decreto de autorização para funcionamento, além do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica da instituição.

Um projeto de implantação que apresente elementos da planta inicial do local onde o equipamento será instalado, descrição do tipo de aparelhos que serão alocados ao mobiliário, critérios técnicos para instalação, manutenção e retirada do Parklet previstos no decreto deverão acompanhar o pedido.

Além disso, o projeto deverá, ainda, atender às normas técnicas de acessibilidade descritas no documento estabelecido pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) e pela Sucom. A aprovação também passará pela Transalvador, uma vez que o Parklet só poderá ser instalado em via pública com limite de velocidade de até 40km/h. 

Idealizado pela Secretaria Cidade Sustentável (Secis) e implementado pela Prefeitura, Salvador ganhou o primeiro Parklet no mês de março. Localizado no bairro Caminhos das Árvores, próximo à Av. Tancredo Neves, a estrutura montada é composta por bancos, uma minibiblioteca onde qualquer pessoa pode doar os livros ou apenas pegá-los para leitura, um Paraciclo, com ponto de energia para recarga de aparelho celular e luz cênica em LED. 

Segundo o secretário André Fraga, da Cidade Sustentável, dois Parklets já estão sendo projetados e deverão ser instalados ainda este ano em Salvador. “Tivemos um retorno muito positivo da população após a instalação do primeiro Parklet na cidade. Até o final do ano mais dois vão ser colocados, e já estão sendo analisados outros pedidos”, destacou.

Os interessados deverão ir a um dos postos do SIMM. O atendimento é feito das 7h às 17h, mediante distribuição de senhas, que são entregues a partir das 6h30.

Os candidatos podem usufruir do atendimento por hora marcada, que funciona das 07h às 16h30, pelo telefone 3202-2016 ou 0800-2853111 para ligações gratuitas.

Varredor de rua (jovem aprendiz)

Ensino médio incompleto, sem experiência, sexo masculino, imprescindível possuir

carteira de reservista.

15 vagas

Manicure

Ensino fundamental completo, imprescindível especialização em unhas de gel.

5 vagas

Auxiliar de limpeza (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Ensino médio completo, sexo masculino.

3 vagas

Auxiliar de confeitaria

Ensino médio incompleto, 6 meses de experiência.

2 vagas

Dentista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Médico Dermatologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Pediatra

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Otorrinolaringologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Oftalmologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Neurologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Cabista

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, habilitação B, imprescindível possuir carro próprio.

7 vagas

Para garantir a segurança da comunidade escolar, as unidades municipais de ensino localizadas em Mata Escura – São Miguel, Maximiniano da Encarnação e Maria Constança – estão fechadas e as aulas desta quarta-feira (25) foram canceladas em função do clima de insegurança instalado na área. O evento “A Casa Vai à Escola”, em homenagem ao Dia da África, programado para esta quarta-feira pela Fundação Gregório de Mattos, seria realizado na Escola Municipal São Miguel, e tiveram que ser adiadas. Já a Escola Municipal Padre Confa, Rua Recanto Feliz, S/N - Costa Azul, suspendeu as aulas hoje no período vespertino também por conta da violência na região.

Centro Histórico, Elevador Lacerda, Cidade Baixa, Avenida Paralela, Orla, Dique e Barra. A Tocha Olímpica percorreu a cidade durante esta terça-feira (24) para marcar a realização dos Jogos Rio 2016, que será em agosto. O Revezamento da Tocha começou no Largo do Pelourinho, um dos pontos mais representativos da cidade, ao som da banda Olodum. Em seguida, ainda sob o ritmo do samba-reggae, a Tocha seguiu em direção à Praça Municipal, onde foi realizada a apresentação da banda feminina Didá. De lá, desceu o Elevador Lacerda de rapel, chegando até a Praça Cairu, seguindo para o Mercado Modelo e Colina Sagrada.

Desse ponto, a Tocha passou pelas avenidas Paralela, Orlando Gomes, Otávio Mangabeira e Jardim Armação, onde foi recebida pelas apresentações da Quabales e Garampiola. No preposto da Coca-Cola, patrocinadora oficial das Olimpíadas Rio 2016, o ativista social Preto Zezé foi recebido por uma multidão que aguardava ansiosamente pela chegada da chama olímpica. Zezé atua na Central Única de Favelas e é ativista social desde 1991. Na passagem do símbolo, Zezé ressaltou a importância de representar as comunidades carentes. "Temos que mostrar que a favela não é como mostram nas páginas policiais. Ela é um lugar de potência, de gente criativa e do bem. Nós vamos mostrar essa nova favela repaginada, a cara nova da favela do Brasil", contou entusiasmado.

Em seguida, a Tocha passou pela Avenida Manoel Dias, de onde partiu para o Dique do Tororó, onde foi recebida com mais celebração pela Bateria do Apaxes e o Trio Nordestino. Lá, o atleta paralímpico Rener Pereira contornou o Dique de skiff, pedindo a bênção dos orixás. Quem também participou do revezamento foi Ivone Portela, que trabalha com Educação Esportiva na Secretaria Municipal de Educação (Smed). "Tivemos aqui um momento único, do encontro de duas culturas grega e afrobrasileira. É a chama da deusa grega Hera, saudando os Orixás do Dique. Uma imagem carregada de simbolismo", afirmou Jorge Khoury, gestor do Escritório Salvador Cidade Global (ESCG), responsável pela organização do Revezamento da Tocha em Salvador.

A Tocha passou ainda pela Avenida Centenário, Morro do Cristo – com a apresentação do Coreto Elétrico –, pela Avenida Oceânica, finalizando o percurso no Farol da Barra. "Tivemos um bom resultado. Salvador mostrou o que tem de mais importante: o seu povo, a sua cultura. Que venham os Jogos para repetirmos o sucesso que temos obtido nos megaeventos esportivos que sediamos ao longo dos últimos três anos", apontou Khoury, que acompanhou parte do revezamento com o chefe da Casa Civil, Luiz Carrera, o chefe de Gabinete do Prefeito, João Roma, a vice-prefeita Célia Sacramento, além do secretário municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza, Bruno Reis.

Pira da Celebração - Já no Farol da Barra, o cantor Thiaguinho acendeu a Pira da Celebração, simbolizando o término da passagem da Tocha por Salvador. Thiaguinho disse que o momento é importante não só para Salvador, mas para o mundo, e que certamente esse dia ficará marcado em sua vida. "Salvador está no meu coração e eu dedico esse momento aos meus pais, que são professores de educação física, e a cada um dos soteropolitanos que querem que os jogos sejam maravilhosos e desejam passar uma boa imagem para o mundo", afirmou o cantor, que fez parte da programação de shows na Barra junto com Jammil, Jota Quest e a cantora Daniela Mercury, além de DJs.

Os interessados deverão ir a um dos postos do SIMM, no Comércio - Rua Miguel Calmon, 382; em Cajazeiras - Estrada do Coqueiro Grande, 1.902; na Boca do Rio - Rua Abelardo Andrade de Carvalho, 141, anexo ao Colégio Imeja e Cabula - Praça da Mangueira, 84, Cabula VI, levando originais da carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e histórico escolar, além do número do PIS, Pasep ou NIS.

O atendimento é feito das 7h às 17h, mediante distribuição de senhas, que são entregues a partir das 6h30. O público conta ainda com um ponto de atendimento do SIMM na Estação Ferroviária da Calçada, nas instalações da Agência da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), cujo horário de atendimento é das 8 às 14h. As vagas podem ser preenchidas ao longo do dia.

A população também tem acesso ao atendimento do SIMM nas Prefeituras – Bairros

Centro/Brotas, Cabula, Cajazeiras, Cidade Baixa, Itapuã, Pau da Lima e Subúrbio / Ilhas, para realização de cadastro, busca por vagas e encaminhamento para entrevistas e

seleções.

Operador de Guindauto

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível curso de direção defensiva e curso de operador de guindauto.

1 vaga

Manicure

Ensino fundamental completo, imprescindível especialização em unhas de gel.

5 vagas

Vendedor interno

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, vaga zoneada para Lauro de Freitas e adjacências.

5 vagas

Auxiliar de limpeza (vaga exclusiva para pessoas com deficiência)

Ensino médio completo, sexo masculino.

3 vagas

Auxiliar de confeitaria

Ensino médio incompleto, 6 meses de experiência.

2 vagas

Dentista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Médico Dermatologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Pediatra

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Otorrinolaringologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Oftalmologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Médico Neurologista

Ensino superior completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

1 vaga

Cabista

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, habilitação B, imprescindível possuir carro próprio.

7 vagas

Recepcionista Bilíngue

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível fluência em inglês e espanhol, desejável alemão, disponibilidade para residir no Village em Imbassaí.

2 vagas

Supervisor de Recepção

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência com

supervisão de hotel.

2 vagas

Auxiliar de Relações Públicas

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Chefe de Restaurante de Comida Japonesa

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência com comida japonesa, disponibilidade para residir no Village em Imbassaí.

1 vaga

Costureira

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível experiência na área.

2 vagas

Pizzaiolo

Ensino médio completo, 6 meses de experiência, disponibilidade para trabalhar à noite, sexo masculino, vaga zoneada para os seguintes bairros: Nordeste de Amaralina, Santa

Cruz, Brotas, Vale dos Rios, Pernambués, Liberdade, São Marcos, Pau da Lima.

5 vagas

A passagem da chama olímpica dos Jogos Rio 2016 por Salvador teve início na manhã desta terça-feira (24), com visitas pontuais aos principais pontos históricos e culturais da capital baiana. A abertura do Revezamento da Tocha começou às 9h50 do Largo do Pelourinho, um dos pontos mais representativos da cidade, ao som da banda Olodum, que proporcionou momentos de alegria e emoção ao público e aos condutores.

O secretário Jorge Khoury, do Escritório Salvador Cidade Global e titular do Comitê Municipal Rio 2016, ao encontrar o atleta paralímpico, Marcelo Collet, primeiro condutor da chama na capital, declarou ter ficado satisfeito com a escolha do representante não apenas por ter sido indicado pelo município, mas principalmente pela história que ele significa para o esporte e a inclusão.

“A população foi bastante receptiva, mostrando a hospitalidade típica do povo soteropolitano. A cidade está em festa e reitero que está preparada para receber o torneio de futebol dos Jogos Rio 2016, de 4 a 13 de agosto. O dia de hoje tem um simbolismo muito importante porque a passagem da chama é o anúncio oficial da chegada dos Jogos. O grande diferencial de Salvador foi inserir ao longo do trajeto da tocha as manifestações artísticas que representam a cultura da cidade. No encerramento do primeiro trecho, na Igreja do Bonfim, a apresentação de baianas, Afoxé Filhos de Gandhy e Samba do Pretinho. Escolhas muito simbólicas”, afirmou o secretário.

Rapel - Ao deixar o Pelourinho, ainda sob o ritmo do samba-reggae, a tocha seguiu em direção à Praça Municipal, onde a banda feminina Didá aguardava a chegada da condutora Mariana Martins que, por sua vez, passou a tocha para Gilson Nascimento, a quem coube descer o Elevador Lacerda de rapel, em um espetáculo único que encantou adultos e crianças.

A ação inusitada teve duração aproximada de cinco minutos e transportou o a tocha até a Praça Cairu, no bairro do Comércio, onde, em frente ao Mercado Modelo, a estudante Rebeca Estefane da Silva, aluna da Escola Municipal de Plataforma e atleta de ginástica rítmica desportiva há nove anos, esperava ansiosa para iniciar sua participação na condução do símbolo olímpico.

Rebeca participou de vários torneios regionais e estaduais, e alcançou 4ª posição nos jogos escolares da juventude de Salvador, em 2015. Enquanto aguardavam a chegada dos condutores, soteropolitanos e turistas assistiam maravilhados à apresentação de uma roda de capoeira que, seguido de um trio nordestino, animava os presentes no Mercado Modelo.

“Queremos mostrar o que o brasileiro tem de melhor, como as tradições e a cultura. Começar o dia em Salvador, no Pelourinho, é uma prova disso, pois aqui é o coração cultural da cidade. O ritmo do Olodum deu o compasso para um dia incrível. O calor dos soteropolitanos está se unindo à chama olímpica numa energia que vai chegar até a cerimonia de abertura dos Jogos Rio 2016. E Salvador faz parte dos jogos com as partidas de futebol. Queremos ver a Fonte Nova lotada no mesmo clima que estamos vendo aqui hoje”, declarou Carla Marques, representante do Comitê Rio 2016, que também acompanhava o cortejo.

Bonfim – Parte da comitiva que acompanhou a tocha na subida da Colina Sagrada, rumo à Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, a advogada baiana Eliana Mendes se emocionou com a passagem do revezamento. "O momento foi ótimo, porém muito mais rápido do que eu imaginava. Vim prestigiar a passagem da tocha em minha cidade. Esse é um momento histórico e gostaria de mostrar isso aos meus filhos. Então, eu estou muito emocionada por ela ter passado aqui em Salvador, por ela estar na Colina Sagrada, que é um ponto histórico da cidade e meu lugar especial de devoção. Estou emocionada, mas acho que poderiam ficar mais tempo para render homenagens do Senhor do Bonfim e receber sua bênção".Do Bonfim, a chama olímpica seguiu para a Avenida Paralela.

Confira o roteiro do revezamento durante a tarde:

Trecho 2 - Paralela - Av. Manoel Dias da Silva

14h - Av. paralela (Alphaville) - Caminho da Tocha

14h15 - Av. Orlando Gomes - Caminho da Tocha

14h40 - Av. Octávio Mangabeira - Caminho da Tocha

16h Jardim Armação - Quabales e Garampiola

17h - Av. Manoel Dias (Pituba) - Caminho da Tocha

 

Trecho 3 - Dique - Farol da Barra

17h30 - Dique do Tororó - Remo; Bateria do Apaxes e Trio Nordestino

18h - Av. Centenário - Caminho da Tocha

18h30 - Morro do Cristo - Coreto Elétrico

18h40 - Av. Oceânica - Caminho da Tocha

19h - Farol da Barra - Acendimento da Pira de Celebração

 

Praça da Celebração/Farol da Barra

16h - Atividades Culturais; DJ's e shows de: Jammil, Thiaguinho, Daniela Mercury e Jota Quest.

Depois de ser realizada em vários pontos de Salvador, a Feira da Cidade chega ao Centro Histórico, na Praça da Cruz Caída, como parte da programação do Pelourinho Dia e Noite, neste sábado (28) e domingo (29). O evento conta com apoio da Prefeitura, por meio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), e promete movimentar o Centro Histórico no sábado (28), das 11h às 20h, e no domingo (29), das 10h às 20h, com música, moda, arte, vinil, gastronomia, e muito mais.

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informa que as atividades do Elevador Lacerda serão interrompidas por conta da passagem da Tocha Olímpica. Os serviços serão interrompidos às 23h desta segunda-feira (23), retornando apenas às 11h desta terça-feira (24). Durante esse período, os usuários têm como alternativa de transporte entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta o Plano Inclinado Pilar, que funciona das 7h às 19h, com tarifa gratuita.