Quarta-Feira , 18 Outubro 2017

A Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) está em estado de alerta em razão dos fortes ventos que atingem a capital baiana nesta segunda-feira (03), diante do risco de queda de galhos ou de árvores inteiras. Esse risco, de acordo com a Seman, seria em função da combinação dos ventos, que chegam a 30km/h, junto ao solo encharcado por conta das chuvas que atingem a cidade. Somente durante o dia, quatro árvores aparentemente sadias caíram em consequência dos ventos nas regiões de Pau da Lima, Barra, Arraial do Retiro e São Rafael.

 

Por esse motivo, a Seman reforçou o plantão noturno e diurno para o acompanhamento dos vegetais da cidade. "A velocidade acima do normal nos preocupa e, por isso, estamos em estado de alerta. É importante observar que as ações preventivas realizadas pela Prefeitura em cerca de 5 mil vegetais por mês garantem a redução de incidentes, mas seguimos acompanhando o comportamento dos vegetais, inclusive porque muitos estão em terreno privado", alerta o titular da Seman, Marcílio Bastos.

 

Previsão do tempo - A frente fria que passa próximo ao litoral da Bahia está se deslocando lentamente em direção ao Oceano Atlântico e deverá favorecer o aumento de nebulosidade e, consequentemente, chuvas no município. Essas chuvas deverão ser de intensidade fraca a moderada, acompanhada por rajadas de ventos a qualquer hora do dia. Há possibilidade de ocorrência de chuvas nas próximas 72 horas em Salvador, de acordo com o Centro de Monitoramento e Alerta de Defesa Civil (Cemadec).

 

 

 

Os microempreendedores individuais (MEIs) de Salvador que tiverem débitos com a Receita Federal podem obter orientações para parcelamento por meio do Centro do Empreendedor Municipal (CEM), vinculado à Secretaria Municipal do Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), localizado no Comércio. O prazo dado pelo órgão federal para regularização da situação foi iniciado nesta segunda-feira (3).

 

O pagamento dos débitos apurados na forma do Sistema de Recolhimento em Valores Fixos Mensais dos Tributos, abrangidos pelo Simples Nacional (Simei) até a competência do mês de maio de 2016, poderá ser feito em no máximo 120 prestações com valor mínimo de R$50. Para conseguir o parcelamento via CEM, o empreendedor ou ambulante deverá ter o endereço do negócio em Salvador e estar com a declaração anual de faturamento em dia.

 

Os documentos exigidos são o certificado de condição de microempreendedor individual ou cartão do CNPJ, documento de identidade, CPF e título de eleitor (ou o número). Para quem fez declaração do Imposto de Renda Pessoa Física nos anos e 2016 ou 2017, é necessário também apresentar o recibo. O atendimento no CEM é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. A estrutura funciona na mesma sede do Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-Obra (Simm), na Rua Miguel Calmon, 506, Edifício Ouro Preto, no Comércio.

 

“É importante para o empreendedor regularizar a situação, pois ele como MEI passa a ter benefícios como auxílio-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria, dentre outros. Além de ser uma oportunidade para o empreendedor efetuar a regularização do próprio negócio de forma mais atrativa e viável financeiramente, principalmente pelo atual cenário econômico do país”, salienta o secretário da Semtel, Geraldo Júnior.

 

 

 

 

A Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) recolheu 29,50 toneladas de resíduos sólidos após os festejos da Independência da Bahia, no último domingo, no Dois de Julho. A ação foi dividida em dois turnos e fez o trajeto do desfile, da Lapinha ao Campo Grande, garantindo que as ruas por onde passaram o cortejo fossem completamente limpas logo após a festa cívica. Na operação, foram mobilizados 132 agentes de limpeza, oito compactadores e cinco caminhões pipa. Foram utilizados ainda 130 mil litros de água, além de 160 litros de detergente. Também foram instalados 106 sanitários químicos em todo o percurso, sendo 54 femininos, 36 masculinos, 12 infantis e 4 para pessoas com deficiência.

 

Material proibido - A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) realizou apreensão de material considerado proibido no circuito, numa ação que retirou das ruas 25 faixas; 26 banners; 15 placas publicitárias; dois cavaletes; três cadeiras; e um toldo. Além dos blimps, foi proibida a fixação de engenhos publicitários em árvores, mobiliário urbano, fachadas, postes, em áreas públicas ou expostas ao público. 

 

 

 

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-BA) assinaram, nesta segunda-feira (3), um Termo de Convênio de Cooperação na sede da Sedur, na Avenida ACM. A iniciativa, que faz parte de uma das etapas do programa Salvador 360, eixo Simplifica, vai otimizar os processos de licenciamento e o trabalho de fiscalização da Sedur a partir do interligamento dos bancos de dados das duas instituições. Estiveram presentes no encontro o subsecretário da Sedur, Sérgio Guanabara, e o presidente do Crea-BA, Marco Antônio Amigo.

 

O acordo começa a valer após a aprovação do novo Código de Obras de Salvador, elaborado pelo órgão municipal e que tramita na Câmara de Vereadores. Com o termo, o Crea-BA passará a disponibilizar informações e dados contidos nos sistemas informatizados de maneira integrada e online. A ação permitirá o acesso cadastral do registro de profissionais e empresas, além de Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs).

 

Com isso, por exemplo, não será mais necessário o profissional comparecer pessoalmente ao Crea-BA solicitar a certidão para dar entrada em um processo na Sedur. Ele poderá fazer isso via portal na Internet ou aplicativo do Simplifica, ainda a serem lançados, o que economizará tempo e recursos físicos para tal.

 

Também serão disponibilizadas autorizações e coordenadas geográficas dos empreendimentos e obras, fiscalizações, serviços, processos e alvarás, agilizando assim o processo de licenciamento e fiscalização. Por meio do termo, a Sedur também poderá participar de fóruns técnicos realizados pelo Crea-BA, possibilitando a troca de experiências e conhecimentos técnicos para fiscalização dos empreendimentos e obras.

 

Simplifica – O Salvador 360 Simplifica tem como objetivo desburocratizar a emissão de licenças para empreendimentos, abertura de empresas e autorização para exibição de publicidade. “O programa é uma virada de página na história do desenvolvimento econômico de Salvador, por meio de variadas iniciativas e ações voltadas à ativação da economia local", afirmou Guanabara.

 

Durante a reunião, foi destacado o trabalho realizado pela equipe do órgão municipal para implementar as mudanças e estimular o desenvolvimento econômico da cidade, além de melhorar a vida dos cidadãos soteropolitanos. “Estamos promovendo a implementação de novos tecnologias e procedimentos que irão desburocratizar os processos de licenciamento e otimizar a fiscalização”, ressaltou o subsecretário.

 

O presidente do Crea elogiou a iniciativa da administração municipal. “Esse acordo é apenas um ponto de partida. É interessante que nós acompanhemos a velocidade em que a Prefeitura promove modificações para a melhoria da cidade”, afirmou Amigo.

 

 

 

Salvador saltou da 27ª, em 2016, para a 7ª posição, em 2017, no ranking das cidades com melhor mobilidade e acessibilidade no trânsito e transporte do país. O estudo, chamado de Connected Smart Cities, foi divulgado hoje (02) pela Urban Systems, reconhecida no mundo inteiro quando o assunto é cidade inteligente. Foram pesquisados 500 municípios brasileiros e listados os 50 melhores no quesito mobilidade e acessibilidade. Na frente de Salvador estão São Paulo (SP), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR).

 

O ranking Connected Smart Cities leva em conta critérios de pontuação como: proporção entre ônibus e automóveis; idade media da frota dos meios de transporte públicos; quantidade de coletivos por habitante; variedade dos meios de transporte; extensão de ciclovias; rampas para cadeirantes; número de voos semanais; e transporte rodoviário.

 

Com a licitação do transporte público feita pela Prefeitura, a idade média dos ônibus caiu de 12 para 4,5 anos. Ou seja, houve renovação da frota, cuja relação é de um ônibus para cada mil habitantes. "Temos uma das frotas mais novas do Brasil e com maior disponibilidade de veículos por habitantes. Isso sem falar que avançamos muito com o investimento em tecnologia, como o Cittamobi, e no reforço da fiscalização, com monitoramento da frota em tempo real via GPS.Requalificamos a Estação da Lapa, a maior da cidade, e fizemos investimentos em obras de mobilidade que facilitaram em muito a vida de quem usa o transporte público. Além disso, com o BRT daremos outro salto de qualidade nesse setor", avaliou o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota. 

 

Entre as grandes obras de mobilidade na cidade feitas desde 2013 e que facilitaram a vida tanto de quem anda de carro como de ônibus ou bicicleta estão a nova ligação viária entre Cajazeiras e a BR-324, a requalificação da Avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana, e da Ladeira do Cacau, e a duplicação da Baixa do Fiscal. Isso sem falar nos 450 quilômetros de vias pavimentadas com asfalto novo. Outro destaque é o aumento na extensão de ciclovias, que hoje tem 196 quilômetros.   

 

 

 

Para garantir a segurança e a integridade física das pessoas que frequentam as academias de ginástica e afins em Salvador, uma lei municipal passa a exigir que estes estabelecimentos sejam obrigados a solicitar atestado médico dos frequentadores. Sancionada pelo prefeito ACM Neto neste mês de junho, a Lei 9.224/2017 afirma que as academias, clubes e casas do segmento são obrigados a anexar na pasta de alunos e/ou sócios atestado que comprove a condição física, cardiológica e ortopédica para a prática de esportes ou atividade física.

 

De acordo com a legislação, a efetivação da matrícula fica condicionada à apresentação do atestado médico, que autoriza a modalidade específica em que o aluno pretende se inscrever. No caso de pessoas com idade abaixo de 18 anos, é necessário também a autorização dos pais ou responsáveis para a prática de atividades físicas. O documento deverá estar por escrito e assinado conforme o documento de identidade.

 

Se a lei for descumprida, o estabelecimento poderá receber uma das seguintes penalidades: advertência; multa no valor de R$2 mil, com correção anual pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC); suspensão do alvará de funcionamento por até seis meses e até cassação do alvará, na quarta reincidência. A fiscalização fica sob a responsabilidade da Vigilância Sanitária (Visa), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

 

O subcoordenador da Visa Salvador, André Luís Pereira, afirma que a legislação municipal aperfeiçoa a Portaria Estadual 4.420/1990, artigo 6º, que trata do funcionamento das academias de ginástica na Bahia. “Por meio dessa portaria, que indica a necessidade de avaliação médica para os alunos, já exigíamos o atestado durante as fiscalizações realizadas nos estabelecimentos. No entanto, a nova lei facilita bastante a atuação da Visa, além de trazer mais segurança às academias e alunos, já que faz associação entre a avaliação médica e a atividade que o cidadão poderá exercer a partir das condições fisiológicas”, pontua.

 

 

 

Com o fim do recesso junino, os cerca de 140 mil alunos das 442 escolas da rede municipal de ensino voltam às aulas na segunda-feira, 3 de julho. Entre os vários desafios desse segundo semestre letivo está a aplicação da Prova Brasil, que ocorrerá entre 23 de outubro e 3 de novembro deste ano.

 

Direcionada aos alunos do 5º e do 9º anos do Ensino Fundamental, a Prova Brasil avalia os conhecimentos em matemática e língua portuguesa e tem como objetivo mensurar a qualidade do ensino brasileiro. Além disso, os resultados alcançados subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A estimativa é que em Salvador, cerca de 18 mil alunos da rede municipal participem da avaliação.

 

"Temos conquistado importantes avanços no Ideb e isso é resultado de um trabalho contínuo no aprimoramento da qualidade pedagógica da nossa rede", diz Paloma Modesto, secretária de Educação, lembrando que, na última avaliação Salvador, foi a capital que mais cresceu no índice. "O objetivo é progredir ainda mais, por isso o trabalho continua e vem sendo constantemente aperfeiçoado. Estamos confiantes nos resultados desse ano". 

 

 

 

O fim de semana em Salvador será marcado por diversos festejos para a celebração da Independência do Brasil na Bahia (2 de Julho). Mas além do tradicional desfile cívico, no Centro, e dos preparativos que o antecedem, a população poderá contar com outras opções de cultura e lazer promovidas  pela Prefeitura.

 

Uma delas é o 26º Encontro de Filarmônicas, atividade promovida pela Fundação Gregório de Mattos (FGM) e idealizada pelo maestro Fred Dantas. O evento ocorrerá das 18h às 20h30 do domingo (2), na Praça do Campo Grande, com a participação de seis orquestras e um coral.  A abertura do show terá execução do Hino ao 2 de Julho junto com o coral, com a banda da Guarda Civil Municipal e com a filarmônica "Casa Pia e Colégio de Órfãos de São Joaquim". 

 

A apresentação seguirá com performances  das filarmônicas "19 de Setembro de Ibipeba", com regência do mestre Gerry Andrade; "União dos Artistas", da Ilha de Bom Jesus dos Passos, com o mestre Josias Monteiro e "Terpsícore Popular de Maragogipe", com regência do mestre Roque Adson. O encerramento da atração ficará por conta da Oficina de Frevos e Dobrados, com o maestro Fred Dantas, seguido de participação especial da soprano Irma Ferreira.

 

Ruas de Lazer - O Ruas de Lazer, projeto a cargo da Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), levará a quatro bairros de Salvador equipamentos esportivos como cama elástica, jogos de tabuleiro e vôlei, futebol e basquete, além de desenvolver outras atividades lúdicas. 

 

No sábado (1º), das 8h às 12h, as famílias vão poder se divertir na Rua do Areal, no bairro do Nordeste de Amaralina. No mesmo horário, a programação acontecerá na quadra poliesportiva da Rua Montes Claros, localizada no 2º final de linha da Cocisa, no bairro de Paripe. No turno da tarde, das 15h às 19h, o projeto vai compor a 10ª Corrida do Fogo, no bairro do Jardim de Alah. Já no domingo (2), das 14h às 17h, a iniciativa ocorre na Vila Dois de Julho, no bairro do Trobogy.

 

Parque da Cidade - O cantor Danniel Vieira se apresenta no próximo domingo (02), a partir das 11h no anfiteatro Dorival Caymmi, no Parque da Cidade. O evento, que recebe apoio da Prefeitura, por intermédio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), celebra a Independência da Bahia e encerra a maratona de shows realizada ao longo do mês de junho pelo artista. 

 

No sábado (1º), acontece o Veteran Car Club, evento mensal que traz para o estacionamento do Parque a exposição de carros antigos e relíquias, de diversas marcas e modelos, das 8h às 18h. No mesmo dia, o espaço recebe a iniciativa Ginástica para todos, que traz para o Anfiteatro diversos exercícios como dança, boxe, treinos funcionais e alongamentos, das 6h às 7h. No domingo (02), o Gramado da Praça Confúcio recebe a atividade “Falun Dafa”, que consiste na prática de meditação com exercício suave da mente e do corpo, podendo ser praticado por todas as idades. A atividade acontece das 8h às 9h30.

 

 

 

A Guarda Civil Municipal comemora nove anos de serviços prestados à população de Salvador no próximo domingo (02), e já preparou uma ação diferente. Será realizado um aniversário solidário, na próxima sexta-feira (07), na sede do órgão, localizado na Avenida San Martin, ao lado do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães. Serão entregues donativos a três instituições de caridade, escolhidas por servidores do órgão, que se mobilizaram para o recolhimento de itens como brinquedos, roupas e alimentos.

 

Interessados em aumentar o volume dessas doações poderão, durante toda a semana, doar brinquedos, roupas, alimentos não perecíveis, bem como materiais para higiene pessoal e limpeza geral. Os itens podem levados para a sede da Guarda Civil ou recolhidos após agendamento com a equipe de prevenção, através do telefone (71) 3202-5329, entre segunda (03) e quinta-feira (06), horário comercial.

 

Receberão os donativos na sexta-feira a Creche Escola Semente da Esperança, localizada no Conjunto Jaguaripe, Fazenda Grande 2, a Associação Beneficente Educacional Comunidade da Polêmica, responsável pela Creche Escola Futura Geração, localizada na Polêmica/Brotas, antigo Campo do Galícia, além da Creche Escola Comunitária São Gerônimo, na Fazenda Grande do Retiro.

 

Segundo o coordenador de Prevenção à Violência, André Rocha, para comemorar e realizar a entrega dos materiais a Guarda Civil trará uma novidade. “Apresentaremos um novo personagem das atividades de prevenção, o Guardião Amigo, protetor e aliado, com a presença da Banda de Música da GCM, representantes e crianças que fazem parte das instituições, além de autoridades. Ficamos felizes em colaborar com pessoas que realmente necessitam de apoio”, disse.

 

 

 

A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) inicia, nesta segunda-feira (3), o projeto de Cuidados de Pessoas e Qualidade de Vida para a população em situação de rua. A atividade é voltada para os abrigados nas Unidades de Acolhimento Institucional (UAI) próprias e conveniadas ao órgão. As primeiras unidades a receber a ação serão o Centro Pop e UAI Itapuã, ambos localizados na Avenida Dorival Caymmi, 635, a partir das 9h.

 

O projeto visa estimular a elevação da autoestima e valorização da autoimagem. A ação consiste em um dia de cuidados pessoais para os assistidos, que também recebem ações de conscientização sobre a importância dos hábitos saudáveis de higiene para a melhoria da qualidade de vida.

 

Com parceria da Associação Baiana de Salões de Beleza e Estética, a iniciativa será realizada entre os meses de julho e dezembro. Os atendimentos ocorrerão de forma individualizada por profissionais qualificados, respeitando a intimidade e valorizando a identidade de cada pessoa.

 

Aos acolhidos serão ofertados serviços de maquiagem, manicure, penteados, design de sobrancelhas, barbeiro, corte e hidratação de cabelos. Durante as atividades, também serão realizadas conversas humanísticas sobre consciência e cidadania, construção de identidade pessoal e significado do sujeito social. No final todos receberão um kit de higiene para manter os cuidados pessoais.  

 

 

 

A Fundação Gregório de Mattos (FGM) divulgou, no Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira (30), o resultado dos projetos selecionados para o edital Arte Todo Dia – Ano III. No total, foram selecionadas 15 propostas na faixa de apoio de R$10 mil; 10 propostas na faixa de R$20 mil; e cinco projetos na faixa de R$30 mil. A lista também traz as propostas suplentes e pode ser conferida no site www.artetododia.salvador.ba.gov.br.

 

 

O Arte Todo Dia – Ano III visa fomentar, promover e difundir a produção artístico-cultural nas diversas localidades de Salvador. Nesta edição, foram selecionadas 30 propostas artístico-culturais de pequeno porte, produzidas por pessoas físicas, microempreendedoras individuais (MEI) e instituições, inclusive as relacionadas ao calendário cultural da cidade. Os projetos englobam áreas como Artes Integradas, Literatura, Música, Teatro, Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Cultura Identitária, Cultura Popular e Patrimônio.

 

Uma série de ações realizadas pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) minimizou os danos no trânsito da capital baiana, provocados pelas manifestações organizadas por sindicatos e movimentos sociais na manhã desta sexta-feira (30). Todo o efetivo do órgão está a postos desde às 6h, em diversos pontos da cidade, com orientação aos motoristas e realização de mudanças emergenciais de rota nas principais vias da cidade. Ao todo, 40 viaturas, quatro motocicletas e 11 guinchos foram utilizados na ação. Por volta das 11h, os manifestantes iniciaram a dispersão, liberando as áreas ocupadas.

 

Os desvios ocorreram na Avenida ACM, entre a região do Hiper Posto, e a Avenida Paulo VI, na Pituba. Também houve ação do órgão para desvio do tráfego da Avenida Luís Viana (Paralela) para a Luís Eduardo Magalhães, sentido BR-324; na Luís Eduardo Magalhães, sentido Paralela – Centro; e Paralela sentido Aeroporto.

 

A Transalvador realizou desvios ainda no Bonocô, sentido Luís Eduardo; e na Rótula do Abacaxi, sentido ACM, Bonocô, Barros Reis e Ladeira do Cabula. Ação semelhante foi realizada na Avenida Sete de Setembro, em direção ao Politeama, de modo a evitar os pontos de manifestação.

 

O órgão facilitou ainda rotas de fuga pela Via Expressa, sentido Viaduto Raul Seixas e também pelo Viaduto Nelson Dahia, sentido Avenida Tancredo Neves. Para agilizar o desembarque de passageiros dos ônibus intermunicipais rumo à Rodoviária, a Transalvador desviou o acesso desses veículos de modo que a rota passou a incluir a Avenida Luís Eduardo Magalhães, para que evitassem o acesso pela ACM.

 

 

"Temos bloqueios no acesso às principais avenidas da cidade e, ao longo da manhã, já houve dispersão dos manifestantes. Em ocorrências desse tipo fica evidenciada a importância da operação planejada da Transalvador. Ao promover desvios em pontos estratégicos, conseguimos evitar que os protestos atinjam áreas e volumes maiores, aumentando o alcance das retenções. Com a antecipação das ações obtivemos um bom resultado", avalia o superintendente do órgão, Fabrizzio Muller.

 

Espaços públicos da capital baiana sofrem frequentemente com atos de vandalismo, e um exemplo disso ocorreu na última semana, no Largo do Tanque. A praça inaugurada há pouco mais de um ano foi alvo de pichação. Outro ponto da cidade sofre constantemente com ações depredatórias é o Plano Inclinado da Liberdade, que teve os cabos rompidos recentemente, após frequentes paradas bruscas causadas pela abertura das portas do ascensor. Na Praça do Largo do Tanque, constantemente a Secretaria de Manutenção (Seman) envia equipes para tirar as pichações, que geram poluição visual, o que dá sensação de insegurança ao local.

 

Já no Plano Inclinado da Liberdade, segundo a Secretaria de Mobilidade (Semob), devido às frequentes paradas da cabine, o equipamento já conta com um mecânico de plantão, contratado principalmente para sanar este problema, que leva de 20 a 25 minutos para ser resolvido. A autarquia afirma que existe uma placa informando para não encostar na porta por conta do sensor, mas há quem force a porta no meio do percurso para descer antes de concluir o trajeto, o que caracteriza o vandalismo. Na última terça, após um usuário forçar a porta, um cabo rompeu, o que fez o tempo de espera para voltar a operar subir para duas horas, muito além do normal.

 

Espaços públicos - De acordo com Marcílio Bastos, gestor da Seman, os espaços públicos mais vandalizados são o Centro da cidade e a orla marítima, mas que a Prefeitura está preparada para lidar com esses problemas, dando respostas rápidas para garantir o bem estar da população. “É um recurso que poderia ser investido em novos espaços, equipamentos e tecnologia. Quase 80% dos delitos se referem a pichações, e ocorre também a quebra, o roubo de equipamentos de saúde das praças. Lixeiras também costumam ser vandalizadas, e tudo isso acarreta em gasto de mão de obra e material”, relata Bastos.

 

Dados da Seman apontam que a Prefeitura gasta, em média, R$30 mil por mês na recuperação de monumentos pichados e danificados. O órgão contabiliza, desde o início do ano, mais de 40 equipamentos públicos vandalizados na cidade. Somente o monumento Clériston Andrade, vandalizado por duas vezes, teve um curso de recuperação de R$17 mil e R$12 mil, respectivamente, e o Mercado Modelo, que teve a fachada vandalizada, custou R$13 mil aos cofres públicos. "As áreas mais atingidas pelas pichações são aquelas onde há maior dificuldade em enraizar o sentimento de pertencimento, justamente do Centro da cidade. É um desafio da gestão pública combater isso", afirmou o secretário da Seman, Marcílio Bastos.

 

A Guarda Municipal ajuda no combate aos pichadores. Sempre que há flagrante, encaminha infratores para a delegacia, como já aconteceu na Praça do Campo Grande.

O BRT (Bus Rapid Transit) a ser implantado em Salvador foi apresentado pela Prefeitura para especialistas em mobilidade de todo o Brasil, durante o 21º Congresso de Transporte e Trânsito, iniciado na quarta-feira (28) e que prossegue até esta sexta-feira (30), em São Paulo. O detalhamento do projeto ficou a cargo do secretário municipal de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, e chamou a atenção dos participantes por ser o projeto mais recente de BRT a ser implantado no país, que corrige os problemas existentes no modal em funcionamento em outras cidades.

 

O titular da Semob, que também é o mediador da mesa “Lei de Mobilidade Urbana já tem 5 anos: como está o setor metroferroviário?”, na tarde desta quinta-feira (29), justificou a importância do encontro como uma oportunidade de mostrar o que está sendo realizado pela administração municipal para melhorar o trânsito e o transporte na capital baiana. “Esse é um dos principais e mais interessantes eventos sobre transporte e trânsito do país. É essencial participar de um encontro onde os gestores de trânsito e transporte do Brasil possam se reciclar, trocar experiências e sair daqui com novas ideias” acrescentou Mota.

 

O evento também conta com a presença do superintendente de Trânsito de Salvador (Transalvador), Fabrizzio Muller. Durante os três dias de eventos, além do BRT, são apresentadas também ações como a reestruturação das linhas de ônibus de Salvador e o Centro de Controle Operacional (CCO).

 

História – O Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito é um evento bienal realizado pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) desde 1978. Nesse período, tornou-se o principal evento científico e político da área de Transportes e Mobilidade Urbana. Nesta 21ª edição, são discutidos e debatidos todos os aspectos da mobilidade urbana existentes no país e no mundo.

 

O congresso é realizado no Centro de Eventos Pro Magno. Em paralelo ao evento, acontece a X INTRANS – Exposição Internacional de Transporte e Trânsito, área de exposição de produtos, serviços, tecnologias e sistemas direta ou indiretamente relacionados com todos os aspectos da mobilidade urbana.

 

 

 

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comped) de Salvador, vinculado ao Gabinete do Prefeito, convoca as entidades da sociedade civil organizada para a eleição de membros da entidade para o biênio 2017-2019. A convocação foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (29) e o regimento do processo eleitoral está à disposição na sede do Comped, na Rua Carlos Gomes, 108, Edifício Maçônico, 4º andar, Centro.

 

Podem participar do processo eleitoral representantes das entidades da sociedade civil com efetiva atuação nas áreas de Deficiência Visual, Deficiência Auditiva, Deficiência Intelectual, Deficiência Física, Síndromes, Deficiência por Causa Patológica e Direitos Humanos. As instituições podem indicar um titular e um suplente como candidatos entre os dias 3 e 14 de julho, das 9h às 16h30, na sede do Comped.

 

Além do requerimento de inscrição devidamente preenchido, na ocasião, deve ser apresentada uma série de documentos. São eles: cópia autenticada do estatuto social registrado em cartório e ata da última eleição da diretoria; termo de indicação de dois representantes da entidade, no máximo, para o processo de fiscalização eleitoral; comprovação de funcionamento regular em um período mínimo de um ano; e declaração do titular da entidade atestando a veracidade do documento encaminhado.

 

A eleição deverá acontecer em assembleia a ser realizada no dia 17 de agosto deste ano. A comissão eleitoral, aprovada pelo Comped, conta com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea-BA), Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) e Casa Civil. O resultado está previsto para ser divulgado no dia 29 de agosto.

 

Funcionamento – Reativado em 2015, o Comped tem como principal missão fomentar e acompanhar a execução das políticas públicas voltadas para as pessoas com algum tipo de deficiência, no âmbito municipal, assim como articular as ações com outras esferas do Poder Público, como os governos Federal e Estadual. É formado por 18 conselheiros, entre representantes governamentais e da sociedade civil, com mandato de dois anos.

 

 

Durante mês de julho, unidades município intensificarão as ações de prevenção da doença

 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) intensificará, no próximo mês, as ações de prevenção às hepatites virais em todas as unidades rede. Nas atividades que fazem parte do Julho Amarelo - campanha que celebra o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais (28 de julho) - será desenvolvida uma extensa programação com rodas de conversas sobre a doença, divulgação de material educativo, além da realização de testes rápidos para o diagnóstico precoce em apenas 30 minutos.

 

O município conta com a oferta de testagem rápida para as hepatites dos tipos B e C, de forma gratuita, em mais de 100 unidades de saúde. Os pacientes com o resultado positivo, realizam novos exames confirmatórios e são encaminhados para um dos três Ambulatórios Municipais especializados na assistência ao portador da patologia, onde irão receber o suporte necessário para o tratamento integral e gratuito. Além das testagens, os profissionais de saúde ministrarão oficinas sobre o tema, bem como seminários para manicures e pedicures sobre manipulação e esterilização das lixas, alicates, espátulas e toalhas utilizadas nos salões de beleza.

 

“Conseguimos avançar no cuidado do paciente portador da doença ao oferecer a opção de três serviços municipais, que contam com uma equipe multidisciplinar para o atendimento dos casos, além da ampliação da testagem rápida para mais de 100 unidades de saúde de Salvador. É preciso que a população procure as unidades, pois quanto mais cedo for o diagnóstico, mais rápido será o encaminhamento para o serviço especializado, oportunizando a esse paciente uma melhor qualidade de vida”, alertou a técnica do setor de acompanhamento das DST's/AIDS e Hepatites, Flávia Guimarães.

 

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é a inflamação do fígado, e pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. As principais formas de transmissão são através do sexo desprotegido, compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha ou outros objetos perfuro cortantes.

 

 


A Prefeitura de Salvador informa que o expediente das repartições públicas municipais será normal nesta sexta-feira (30), quando está programada uma paralisação nacional organizada por entidades sindicais. Os servidores que faltarem sem justificativa terão os pontos cortados. De acordo com a Secretaria Municipal de Gestão (Semge), cada caso de ausência, se houver, será avaliado individualmente, inclusive levando em conta uma eventual paralisação de ônibus.

 

Estudo desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), divulgado hoje, aponta Salvador como uma das cidades que melhor remunera os professores da rede municipal. Os dados mostram que o salário médio padronizado para 40 horas semanais de Salvador é 58% superior ao índice geral dos municípios brasileiros. Quando comparado ao estado da Bahia, essa diferença se aproxima de 57%. O levantamento, feito com base no ano de 2014, indica o valor de R$ 5.368,48 como média de remuneração dos professores municipais de Salvador ante R$ 3.116,35 dos municípios brasileiros e R$ 3.148,48 da rede estadual de ensino da Bahia.

 

"Isso demonstra que a prioridade que temos dado à educação não é só no discurso, é na prática, e envolve também, além de remunerar melhor os profissionais da educação, a reestruturação de nossa rede física, investimento no ensino em tempo integral, novo material didático e aproximação da escola das comunidades. Hoje Salvador é referência quando o assunto é ensino público de qualidade. Claro que temos de avançar mais e ainda existem problemas. Mas estamos no caminho certo", avaliou o prefeito ACM Neto, lembrando que a Prefeitura aplica mais recursos na educação do que o exigido pela Constituição Federal.  

 

Secretária municipal da Educação, Paloma Modesto destacou que a recuperação do poder aquisitivo, através de aumentos salariais, foi instituído em 2015 um plano de cargos e salários que representa um avanço nas conquistas da categoria e no reconhecimento do trabalho dos nossos professores e gestores da educação. Paloma Modesto acrescentou que esses dados, por serem de 2014, não consideraram os reajustes, nem as gratificações e outros benefícios estabelecidos após a data-base do estudo. De acordo com ela, hoje a média de remuneração dos professores municipais é de R$ 6.6 mil 

 

Outra informação apontada pelo levantamento é o número de professores que detém formação superior. Nesse aspecto, Salvador desponta com 94% do quadro atendendo a esse requisito. Dos 4.995 professores contabilizados em 2014, 4.963 tinham curso superior. A qualidade da formação dos professores municipais da capital baiana está acima das redes estaduais brasileiras. Conforme os dados do Inep, perde apenas para a rede do Distrito Federal, que conta com 96% de professores de formação superior, e empata com o Espírito Santo, também com 94%. Em relação à rede estadual baiana, Salvador está 30 pontos percentuais acima no que diz respeito a esse aspecto. 

 

Os dados da Secretaria Municipal de Educação (Smed) de 2017 mostram que a rede conta com cerca de 7.500 professores, dos quais 99% enquadram-se nesse perfil. "Temos apenas alguns professores formados em magistério, que entraram em concursos das décadas de 1980 e 1990, muitos já se formaram e apresentaram os diplomas e alguns estão em fase de aposentadoria", explicou Paloma Modesto. Ela destaca, também, com base no estudo do Inep, que ao considerar a remuneração bruta dos professores, Salvador desponta como a 2ª capital com melhor salário e a 14º entre os 5.231 municípios retratados na pesquisa.

 

"Esse levantamento é o retrato de uma realidade que vem mudando nos últimos cinco anos, a partir de políticas de valorização dos profissionais da nossa rede. São conquistas importantes e que refletem também na melhoria da qualidade de ensino que temos alcançado em Salvador", concluiu a secretária. 

 

 

 

 

Alunos e professores do curso de graduação em Gestão de Trânsito da Universidade Federal da Bahia (Ufba) participam, na noite desta quinta-feira (29), a partir das 20h, de palestra e oficina ministrada pela pedagoga Mírian Bastos, gerente de Educação para o Trânsito da Transalvador. Na oportunidade, ela apresentará as ações municipais voltadas a orientar e conscientizar a população sobre um trânsito mais seguro e harmônico, além das dezenas de campanhas educativas promovidas pela autarquia.

O funcionamento dos radares de monitoramento da velocidade no trânsito de Salvador é aferido anualmente pelo Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), sob supervisão e acompanhamento da Transalvador. A medida serve para evitar mal-entendidos como o que gerou injusta contestação de um rodoviário, há cerca de uma semana, após ser multado por dirigir acima da velocidade permitida na Avenida Manoel Dias da Silva. O condutor insinuou, por meio de queixa formalizada junto ao órgão de trânsito, que os radares da via estavam adulterados, exigindo retificação da penalidade. Por conta disso, a Transalvador solicitou ao Ibametro antecipação da vistoria do equipamento para apurar o caso.

 

De acordo com a Gerência de Processamento e Controle de Auto de Infração de Trânsito (Gecit/Transalvador), após a aferição do Ibametro constatou-se que dos 747 mil veículos que trafegaram pela via em questão entre os dias 1º e 26 de junho, somente 513 - cerca de 0,06% - foram multados por descumprimento da velocidade permitida na via. Desta quantidade, apenas cinco eram ônibus.

 

Aferição – A aferição do Ibametro ocorre com a utilização de um veículo equipado com um aparelho denominado cronotacômetro, que atua como um velocímetro. O condutor técnico do órgão, por sua vez ultrapassa a velocidade permitida no trecho para que os valores registrados pelo sistema do veículo e pela fotocélula sejam comparados, permitindo que os técnicos verifiquem se ocorreu alguma irregularidade.

 

"Dessa forma podemos atestar o funcionamento do aparelho. A aferição é realizada em todas as faixas da via, utilizando diferentes velocidades - sempre acima do permitido -, para demonstrar que não há possibilidade de burlar os radares. Além disso, os equipamentos são constantemente monitorados pela Transalvador, e a qualquer sinal de defeito ou avaria, um técnico é imediatamente enviado ao local para realizar o reparo devido, de forma que a operação não é comprometida", explica Fabrício Mesquita, gestor da Gecit.

 

Atualmente, Salvador conta com 183 equipamentos de controle da velocidade no trânsito, entre radares comuns e fotossensores. Os radares são divididos em dois grupos. O primeiro compreende os metrológicos, que registram velocidades acima dos valores permitidos para determinada via. O outro grupo é dos não metrológicos, dedicados ao controle de infrações como avanço de sinal vermelho, invasão de faixa de pedestre, direção pela contramão, dentre outras.

 

Já os fotossensores podem funcionar por laser, cujos feixes são direcionados para determinada parte da via, retornando em seguida para o sensor, onde o registro é computado a partir da imagem da infração. A outra possibilidade é do sensor por Doppler, que utiliza radiofrequências para realizar o mesmo processo.