Domingo , 16 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Em comemoração aos dois anos do Movimento Salvador Vai de Bike, a cidade receberá no próximo dia 03 a Estação Bike Farol da Barra, um espaço que irá proporcionar aos ciclistas local seguro e conveniente para guardarem suas bicicletas. Gratuito, o local contará ainda com funcionários responsáveis pelo atendimento e manuseio das bikes. Conceito pioneiro no Brasil, o bicicletário funciona em um módulo de container marítimo e é composto por 44 vagas distribuídas em 2 andares.  bicicletario

“As pessoas agora terão a opção de ir à Barra utilizando a bicicleta, seja para trabalhar, curtir a praia, ir aos bares, cafés e restaurantes, passear com a família, sem necessidade de tirar o carro da garagem. O bicicletário é bastante útil também para conectar o usuário a outros meios de transporte, como ônibus, táxi ou transporte marítimo, encurtando os destinos e o tempo de viagem para locais mais distantes”, esclarece o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington.

O serviço será oferecido sete dias por semana, das 6h às 0h, gratuitamente, ao lado do Farol da Barra. Para o cadastro, será necessária apresentação de documento com foto, número do CPF e estar com a bicicleta presente para registro. É possível cada usuário guardar até 3 bicicletas simultaneamente. Os bicicletários são desenvolvidos e operados pela Compartibike, empresa especializada em soluções sustentáveis de mobilidade urbana e atua no mercado desde 2010. O próximo equipamento será instalado na Ribeira, perto do terminal marítimo e do fim de linha dos ônibus do bairro.

Ciclofaixas e novas “azulzinhas” – O Movimento Salvador Vai de Bike traz mais uma novidade: serão ampliadas em quilometragem as ciclofaixas de lazer da cidade, trazendo mais mobilidade nos finais de semana e feriados, formando um total de 12,1 km dessas faixas para serem utilizadas. Atualmente, Salvador possui três ciclofaixas de lazer: uma que liga o Parque da Cidade à Avenida Otávio Mangabeira (Orla); outra tem início no Terreiro de Jesus e segue até a Praça do Campo Grande; e a última que compreende uma faixa na orla da Barra/Ondina.

Com a ampliação, a ciclofaixa que vem do Parque da Cidade se estenderá até a Magalhães Neto - chegando à Otávio Mangabeira e depois passando por toda Avenida Paulo VI. A outra ampliação será da faixa que liga o Pelourinho até o Largo da Vitória.

A Avenida Magalhães Neto receberá uma tenda móvel com 20 bicicletas para empréstimos. Além da que será inaugurada, é possível encontrar outra na Barra, no Pelourinho e no Parque da Cidade. Essas tendas, ao longo das ciclofaixas de lazer, terão bicicletas diferenciadas, todas na cor azul. Para o empréstimo das "azulzinhas" será necessário pagar uma taxa de R$ 1, para utilizar por duas horas.

É possível renovar o tempo de uso dessas bikes após 15 minutos de sua entrega. Caso a renovação não seja realizada, o usuário pagará R$ 5, por hora utilizada a mais. O cadastro será feito nas próprias tendas. O tempo de permanência da ciclofaixa também será ampliado: os usuários terão uma hora a mais para pedalar – ao invés de encerrar às 16h, como acontece atualmente, elas permanecerão das 7h às 17h.     

0
0
0
s2sdefault