Domingo , 18 Abril 2021
0
0
0
s2sdefault

Durante esta semana, 31 semáforos inteligentes começam a operar em uma das vias mais movimentadas de Salvador: a Avenida San Martin, entre o Retiro e o Largo do Tanque. A substituição dos equipamentos existentes pelos mais modernos já começou no trecho. Com essa expansão, a capital baiana vai passar a contar com mais de 180 semáforos desse tipo espalhados pelas principais vias da cidade. 

A tecnologia permite o reconhecimento da demanda de veículos em determinados locais, ajustando o tempo de abertura e fechamento ao tráfego no momento. Com isso, é possível alterar o tempo semafórico, sempre considerando o fluxo de automóveis. Esse monitoramento é feito pelo Núcleo de Operação Assistida (NOA) da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). 

Os semáforos convencionais funcionam seguindo planilhas com horários pré-programados, sem um sistema que permita mudanças em tempo real. Portanto, os semáforos inteligentes estão mais conectados ao dinamismo do trânsito. 

O sistema leva em consideração também a ocorrência de um congestionamento ou movimentação atípica na região, projetando mudanças automáticas. Alguns desses equipamentos terão câmeras que servem unicamente para contabilizar o fluxo da via, ou seja, elas não estão sendo usadas como radares de velocidade.  

“A San Martin é uma avenida de fluxo intenso de veículos, onde registramos alguns pontos de retenção. Acreditamos que a implantação desses equipamentos propiciará a redução dos congestionamentos, já que os semáforos funcionarão de acordo com a demanda da via, em tempo real. Isso resultará numa diminuição do tempo de deslocamento”, explica o superintendente da Transalvador, Marcus Passos. 

Demais locais – Os semáforos inteligentes começaram a ser implantados em Salvador há cerca de três anos. Além da Avenida San Martin, esse tipo de equipamento é encontrado em trechos que vão desde a Praça João Mangabeira, nos Barris, até o supermercado Makro, na Ligação Iguatemi-Paralela (LIP). 

O sistema também está presente em grandes corredores de tráfego como as avenidas Garibaldi, Oceânica e Juracy Magalhães. Desde que foi implementada, a tecnologia tem possibilitado a melhoria da fluidez do trânsito em até 30%.

0
0
0
s2sdefault