Domingo , 16 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Resgatando a história de uma das edificações mais bonitas da Rua Chile, pertencente ao cenário desde a década de 1930, o Hotel Fasano surge como um empreendimento para fortalecer a rede hoteleira da cidade e fomentar ainda mais o turismo na região do Centro Histórico. Hoje (06), a partir das 19h, acontece o lançamento do empreendimento para autoridades e imprensa, e o prefeito ACM Neto estará presente, acompanhado do secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco.

Situado no portal do Centro Histórico e incorporado ao cenário da região, a edificação é carregada de simbolismos vinculados ao crescimento de Salvador. O local ainda é um dos pontos de observação mais privilegiados da Baía de Todos os Santos. A unidade é o sétimo empreendimento hoteleiro do Grupo Fasano e o primeiro da região Nordeste. O prédio histórico é tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) como Bem Cultural da Bahia.

Para Cláudio Tinoco, a chegada do empreendimento trará diversos benefícios para Salvador. “Primeiro pela restauração de um prédio que estava fechado há algum tempo, um edifício histórico, na entrada do Centro. Esse investimento traz para a cidade uma importância arquitetônica e de valorização do patrimônio material. Mas outro aspecto importante é a bandeira Fasano, que tem como diferencial o padrão de serviços ofertados, sendo um hotel de luxo e que vai atrair um turista de maior poder aquisitivo”, enfatizou.

Tinoco também destacou a chegada do novo hotel, associado aos investimentos feitos pela Prefeitura no Centro Histórico, a exemplo da Praça Castro Alves, consolida o movimento de outros grupos como o Mazzafera, do Fera Palace, e pode atrair novos empreendedores. “O Fera é um exemplo que rapidamente se constituiu numa referencia internacional, ganhando certificação de um dos melhores hotéis da América Latina. Isso é bom para Salvador e, como efeito indireto, oferece meios à indústria hotelaria local para melhorar a diária média na cidade, em um feito que será cascata”, explicou.

Características - O Fasano conta com 11 andares e 70 quartos, rooftop com área de lazer, piscina e SPA. Os quartos são personalizados e exclusivos, com unidades que variam de 30m² a 75m². O SPA tem três salas de massagem, sauna úmida e projeto assinado pela massoterapeuta e terapeuta holística Fabrícia Nogueira. Já a área do restaurante, que manteve o teto original de 1930, tem dois ambientes e um bar central contando ainda com adega climatizada, cujo acesso se dará por uma escada metálica em caracol.

Com as intervenções para requalificação do prédio, que já abrigou o centenário jornal A Tarde por 45 anos, a fachada foi restaurada em pó de pedra, técnica que garante aspecto novo sem prejuízo aos traços e cores originais. Foram mantidas na reforma do local as características originais da paginação e os tacos dos quartos e do hall. O piso e o revestimento do hall de elevadores também foram preservados, assim como suas sancas decorativas e as grandes portas metálicas. Outro aspecto original mantido no projeto são os pés direitos elevados da recepção e do restaurante. Também foram reproduzidos os adornos que marcaram época num dos prédios mais tradicionais na Rua Chile.

A decoração do hotel foi totalmente inspirada na década de 1930, processo resultante de um trabalho de pesquisa, restauração e preservação. Dois lustres antigos de prata da Bahia foram adaptados à ambientação. Todo o mobiliário usado na ambientação é nacional, com ênfase para as peças antigas originais da Bahia, em madeiras escuras. O projeto é assinado pelo arquiteto paulista Isay Weinfeld.

Por fim, a cobertura do Fasano é um dos maiores atrativos do hotel: aconchegante, confortável e com vista privilegiadas da capital baiana. Possui deck elevado e guarda-corpo em vidro transparente além de piscina toda revestida em pedra natural especial ainda com borda infinita.

0
0
0
s2sdefault