Domingo , 16 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

A fim de estreitar relacionamento com a população, a Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) já passa a ter um call center ativo para informar aos contribuintes sobre a situação fiscal junto ao município. Com o contato feito diretamente pelo órgão, o principal objetivo do serviço é deixar os cidadãos informados sobre tributos ou taxas (IPTU, TRSD, ISS, TFF) com parcelas vencidas.

Além disso, o serviço esclarece dúvidas para que o contribuinte possa regularizar eventuais débitos, por meio de pagamento de boletos ou realização de parcelamentos. A medida também pretende evitar o rompimento de acordos já firmados e perdas de benefícios, cobrança de juros e multas e, em instâncias mais graves, execuções fiscais.

Segundo o secretário da Sefaz, Paulo Souto, a principal motivação para criação de um call center ativo foi a quantidade de contribuintes que perderam os benefícios negociados em programas de Parcelamentos Incentivados (PPIs) e tiveram as dívidas recompostas com multas e juros originais, por não saberem que estavam com parcelas em aberto. “Além disso, em cumprimento às obrigações legais, a Fazenda tem intensificado os meios de cobrança, inclusive as judiciais e pretende, por meio desse canal, orientar os contribuintes para que eles não sejam pegos de surpresa quando já não há mais o que fazer administrativamente”, garante.

A Sefaz manterá todos os demais canais de relacionamento com a população, como o site da secretaria, o Fala Salvador (pelo telefone 156) e as redes sociais. Os contribuintes também podem ter atendimento presencial na sede do órgão, na Rua das Vassouras, 1, Centro, postos dos SACs e sedes das Prefeituras-Bairros. Em quaisquer das situações, seja através do call center ativo ou demais canais de atendimento, a Sefaz não solicita aos cidadãos dados financeiros como senhas de conta bancária ou cartão de crédito, nem exigência de pagamento direto por qualquer serviço.

0
0
0
s2sdefault