Segunda-Feira , 18 Janeiro 2021
0
0
0
s2sdefault

 

Pisos confeccionados a partir de borracha de pneus reciclados serão implantados pela Prefeitura em praças públicas da capital nos próximos anos, como alternativa para promover sustentabilidade e a destinação ecologicamente correta desse material. O novo pavimento será adaptado em parques infantis, pista de cooper, academias ao ar livre, podendo ainda ser transformado em piso tátil, rampa de acessibilidade e em equipamentos de vias públicas como redutores de velocidade e tampas de poços de visitas. A iniciativa foi idealizada pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal).

 

A Praça ACM, no São Caetano - um dos espaços públicos de convivência mais frequentados em Salvador - foi selecionada, num projeto piloto, para receber pisos emborrachados até novembro. A partir dos resultados apresentados com o uso da população, a Seman catalogará informações e análises para, a partir de janeiro do próximo ano, desenvolver a produção em série dos pavimentos ecológicos. O piso ecológico pode ser utilizado em ambientes abertos, pois permite a passagem de água, colaborando com a permeabilização do solo.

 

O material possui baixa taxa de flamabilidade, alta absorção de impacto, é antiderrapante, antifungos, atóxico, antialérgico, podendo ser produzido em varias cores, tamanhos e formatos. O piso  terá produção integral na própria fábrica da Desal, na BR-324. A reciclagem de pneus para confecção de pisos é uma solução sustentável que colabora com o descarte correto da borracha, que demora cerca de 600 anos para se decompor quando descartada na natureza. Pior do que descartá-los é queimá-los, pois nesse caso a fumaça libera diversos poluentes, a exemplo de carbono e enxofre.

 

 

0
0
0
s2sdefault