Sexta-Feira , 17 Novembro 2017

 

Para o feriado prolongado de 7 de setembro, a Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) preparou uma operação especial com 100 homens e 34 postos para a prestação do serviço. A ação, que começa nesta quinta-feira (7) e vai até segunda-feira (11), sempre de 8h às 18h, compreende o trecho do Jardim de Alah até Ipitanga, utilizando como suporte dois jet skis, e quatro veículos.

 

De acordo com o coordenador João Luís Morais, o esforço é grande para garantir a segurança na hora do banho de mar. “Como estamos num período chuvoso, não recomendamos o banho de mar por causa da sujeira que acaba escoando para as águas, sem contar que o mar está bastante agitado e perigoso. Mas, em caso de ir à praia, o banhista deve sempre procurar o salva-vidas para buscar orientações sobre o mar”, afirmou.

 

A Salvamar orienta também que as pessoas fiquem atentas às bandeiras de sinalização disponíveis ao longo da orla, indicando onde há um posto de salvamento (bandeira amarela) ou o local que oferece perigo (bandeira vermelha). Em caso de emergência, é necessário ir ao posto mais próximo ou ligar para a sede do grupamento, localizada na Avenida Otávio Mangabeira, Patamares, através do número (71) 3363-5333.

 

Tempo - A previsão do tempo indica possibilidade de chuva durante o feriadão. No sábado (09), a temperatura varia entre 22° e 27°, pela manhã sol e aumento de nuvens, já à tarde e à noite pancadas de chuva. No domingo (10), a temperatura permanece com variações entre 22° e 27°, com nuvens e sol pela manhã, e pancadas de chuva durante à tarde e a noite.

 

Nesta quinta-feira (07), a temperatura fica entre 22° e 26°, pela manhã o sol aparece com algumas nuvens, durante o restante do dia chove. Na sexta (08), a temperatura permanece entre 22° e 26°, o sol aparece com nuvens pela manhã, e durante à tarde e à noite haverá pancadas de chuva.

 

O Centro de Monitoramento e Alerta, que funciona na sede da Defesa Civil de Salvador (Codesal) permanece de prontidão. Os engenheiros, técnicos, telefonistas, assistentes sociais e motoristas irão atender todas as solicitações de emergência e de risco à população através do 199.