Sexta-Feira , 20 Outubro 2017

 

A apresentação realizada no Réveillon Salvador 2017 trouxe bons fluidos para o cantor Ricardo Caian – ou simplesmente Caian. Com álbum lançado este ano, ele é um dos indicados na segunda edição do Prêmio Caymmi de Música, na categoria Revelação. Guitarrista, violonista, compositor e arranjador, ele vem se destacando no cenário de música independente de Salvador com letras de contestação, acompanhadas de uma mistura de rock a estilos baianos e com influência do Tropicalismo.

 

No Réveillon Salvador, o músico teve a oportunidade de se apresentar para um público amplo, em um momento simbólico para a cidade, o que contribuiu ainda mais para a divulgação do próprio trabalho. Agora, ele se sente agraciado pela indicação ao Prêmio Caymmi de Música. “Para mim (a indicação) é o mesmo que receber o prêmio. É um grande triunfo viver esse momento de reconhecimento. O artista tem que aparecer, ter como mostrar o trabalho, e essa é uma grande oportunidade. A cidade acabou sendo presenteada com esse evento”, opina.

 

“Plutão” é o primeiro disco de carreira de Caian, com 12 faixas autorais que vão desde baladas ao pop rock. O disco está disponível para plataformas streaming. “Meu trabalho tem uma matéria prima que é o rock, não só como estilo musical, mas como postura. Minhas letras falam muito de protesto, têm um teor irreverente de contestação e tem muitas influências de cantores tropicalistas como Gilberto Gil e Caetano Veloso”, diz, ao definir o trabalho. O artista tem como concorrentes na categoria Revelação os grupos Africania e Duo BAVI e as cantoras e compositoras Livia Nery e Luedji Luna.

 

O prêmio – O Prêmio Caymmi de Música 2017 é uma realização da Via Press Comunicação e Eventos, com patrocínio exclusivo da Prefeitura de Salvador. A cerimônia ocorrerá na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA), no próximo dia 18, às 20h. O evento vai celebrar a música baiana, com reconhecimento a novos artistas e mobilização da cadeia produtiva e artística do Estado.

 

Com o tema “Música em Movimento”, a segunda edição da premiação terá 22 vencedores escolhidos entre os 110 artistas, produtores e trabalhos finalistas. As quatro principais categorias são Show, Canção, Música Instrumental e Videoclipe. Haverá ainda reconhecimento a outras 18 subcategorias técnicas.