Sexta-Feira , 20 Outubro 2017

Salvador recebe nesta quinta-feira (20), o 1° Workshop Salvador Cidade Resiliente, reunindo líderes e especialistas focados na construção da resiliência na Rede 100 Cidades Resilientes (100RC) – uma organização lançada pela Fundação Rockefeller. O prefeito ACM Neto participa da abertura do evento, realizado na Casa do Comércio, na Avenida Tancredo Neves, às 9h.

 

O workshop contará ainda com as presenças do presidente da Fecomércio-Ba, Carlos Andrade; da vice-presidente sênior da 100 Cidades Resilientes, Bryna Lipper; do secretário da Cidade Sustentável e Inovação, André Fraga; do diretor de Resiliência da cidade de Quito, no Equador, David Jácome Polit (CRO) e Paul Procee, do Banco Mundial.

 

Participam do encontro representantes do setor público e privado, universidades e comunidade local para ajudá-los a compreender o processo de construção e o conceito de Resiliência Urbana. “Essa é uma oportunidade para fazer a cidade pensar de forma diferente, reavaliar seus desafios e suas prioridades. Os esforços de resiliência não só contribuem para Salvador sobreviver aos desastres ambientais, mas também para enfrentar outros problemas, como desigualdade social e desemprego. Quando a cidade incorpora o planejamento de resiliência em seu trabalho diário, ela se torna um lugar melhor para todos”, disse a vice-presidente Sênior da 100 Cidades Resilientes.

 

Salvador foi a única cidade brasileira entre as 37 novas cidades-membros a ingressar na rede 100 RC este ano. Ela é o terceiro membro brasileiro, juntando-se a Porto Alegre e Rio de Janeiro, que foram escolhidas nas rodadas anteriores. Na qualidade de membros da Rede 100RC, ela recebe verbas para contratar um Diretor de Resiliência (CRO), um cargo inovador dentro de governos municipais que envolve um trabalho direto com líderes para o desenvolvimento de uma Estratégia de Resiliência para a cidade.