Domingo , 25 Junho 2017

O secretário da Cidade Sustentável e Inovação de Salvador, André Fraga, foi eleito o novo coordenador nacional do Fórum dos Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras - CB27. A eleição ocorreu na tarde dessa terça-feira (14), durante o IX Encontro Nacional do CB27, que ocorre no Hotel Sheraton da Bahia desde ontem (13).

Com o cargo, Fraga passa a representar o CB27, que tem o importante papel de promover a articulação política e cooperação entre as capitais brasileiras para o enfrentamento das mudanças climáticas. “A grande missão será captar recurso para a implementação de projetos relacionados aos temas de gestão ambiental e mudança climática para as capitais”.

Além do coordenador nacional, foram eleitos o secretário executivo, Daniel Peixoto — secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente de Boa Vista (RR) — e os cinco coordenadores regionais do Fórum, representando as regiões Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste. 

Para Peixoto, é uma honra muito grande assumir a função. “É muito importante, para uma capital pequena como Boa Vista, fazer parte da coordenação do CB27. Foi o secretário municipal de Belo Horizonte, Mário Wernerk que sugeriu para que, diante da biodiversidade do Norte, alguma capital da região estivesse na ponta do Fórum”.

O IX Encontro Nacional também promoveu importantes mudanças no Estatuto do CB27, como a redefinição de prazo para a gestão dos coordenadores e secretário executivo, que antes era bienal e passou a ser anual. A tarde ainda contou com a apresentação dos novos secretários das pastas de meio ambiente ao Fórum, visto que, esse ano, apenas quatro secretários municipais de meio ambiente das capitais permaneceram nos cargos.

Histórico - O Fórum de Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras, CB27, foi criado em maio de 2012, durante a preparação das cidades para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

Esse ano, durante o IX Encontro Nacional do CB27, as capitais brasileiras entregaram as suas contribuições de ações de sustentabilidade e prevenção ao meio ambiente à estratégia de implementação da Contribuição Nacional Determinada (CDC) do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que tem como principal objetivo a redução da emissão de carbono. 

O próximo encontro terá como tema Financiamento e Governança e será realizado em Brasília, entre os dias 24 e 28 de abril desse ano.