Terça-Feira , 12 Novembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Grupo vai mostrar vídeos falando sobre a artista transformista Marina Garlen

No Dia Internacional da Mulher, celebrado amanhã (8), o grupo Barroca Mulher faz uma homenagem, no Espaço Cultural da Barroquinha, à atriz transformista e militante LGBT Marina Garlen, que faleceu no início de fevereiro. Serão mostrados vídeos com apresentações da artista e a celebração da vida com depoimentos de amigos e familiares sobre uma das personalidades mais marcantes da cena LGBT de Salvador. O evento está marcado para as 19h e tem entrada franca.

Para continuar celebrando o mês da mulher, o espetáculo teatral “Isto não é uma mulata”, projeto contemplado pelo edital Arte Todo Dia – Ano II, da Fundação Gregório de Mattos, fará uma curtíssima temporada de apresentações no Espaço Cultural da Barroquinha, com apresentações nos dias 11, 12 e 13 de março. Indicado ao Prêmio Braskem de Teatro, na categoria "Revelação", para a performer Mônica Santana, a montagem faz reflexões sobre a representação da mulher negra, além de trazer provocações sobre o mito da democracia racial brasileira, com bastante ironia e humor.

No dia 11, sexta-feira, haverá duas sessões, às 15h e às 19h, com entrada franca, voltadas para formação de plateia, convidando escolas, projetos sociais e faculdades. Já nos dias 12 e 13 de março, sábado e domingo, às 19h, as apresentações são abertas ao público com ingressos a preços populares de R$20 ou R$10 disponíveis na bilheteria do espaço a partir das 17h.

Preconceitos e desafios - De 15 a 31 de março, sempre de terça a quinta-feira, às 19h, acontece o espetáculo “Maloquêro”, um dos projetos selecionados pelo edital Arte Todo Dia – Ano II, da Fundação Gregório de Mattos. No monólogo de sua autoria, o ator Jhoilson de Oliveira interpreta um homem que narra os preconceitos e desafios para sua sobrevivência nas ruas. A direção é de Merry Batista. A cenografia do "Maloquêro" tem a assinatura do artista plástico e grafiteiro Marcos Costa.

Além da encenação da peça, o projeto “Maloquêro: sobrevivente das ruas” vai promover também ações de mediação cultural direcionada à população em situação de rua. Nos dias 16, 23 e 30/03 haverá sessões duplas com o horário de 15h. Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria nos valores de R$10 ou R$5.

0
0
0
s2sdefault