Terça-Feira , 26 Janeiro 2021
0
0
0
s2sdefault

 

Desde o início da pandemia de coronavírus, a Prefeitura já fabricou 10 mil protetores faciais no combate à Covid-19. A Companhia de Desenvolvimento Urbano e Inovação de Salvador (Desal), órgão ligado à Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), começou a produzir protetores faciais para profissionais de saúde e de todas as pastas que estão na linha de frente e em áreas de atuação social no combate ao novo coronavírus. 

Equipamento fundamental para quem trabalha no combate à Covid-19, o protetor de rosto, os encaixes para a cabeça e as viseiras são feitas em acetato e cortadas no laboratório da Desal. A preocupação, de acordo com Marcílio Bastos, presidente do órgão, é proteger quem trabalha contra o coronavírus, e formar uma rede que juntou máquinas e pessoas de setores diferentes, a exemplo de médicos e engenheiros. 

"A máscara protetora é feita de PVC, além de acetato, ilhós e um regulador em borracha. O equipamento é leve, confortável, tem eficiência e facilidade ao higienizar. Conta ainda com visor retrátil e formato ergonômico, apropriado à proteção facial", destacou Carla Fonseca, médica clinica e colaboradora do projeto.

 

0
0
0
s2sdefault