Sábado , 06 Junho 2020
0
0
0
s2sdefault

Foto: Seman

A Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) instalou, na manhã desta quinta-feira (7), o segundo túnel de desinfecção para trabalhadores do órgão, desta vez na sede localizada na BR-324. A medida também beneficiará servidores da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), que estarão, desta forma, mais protegidos do contágio da Covid-19.

O secretário da Seman, Virgílio Daltro, explicou a importância deste trabalho de prevenção. “Esse equipamento vem dar uma segurança a mais para o nosso servidor. A ação é rápida, contudo, é prolongada. Temos de fazer isso também para proteger a população, porque temos contato direto com os cidadãos”, disse.

A estrutura foi fruto de doação da iniciativa privada e a substância borrifada no túnel desinfectante não faz mal à saúde ou deixa um cheiro desagradável na roupa, pele ou cabelo. Isso porque tanto o hipoclorito de sódio quanto o ozônio são inodores (sem cheiro), 100% seguros e não trazem qualquer efeito colateral.

O processo de desinfecção na cabine dura de 10 a 15 segundos e a passagem pelo túnel que deve ser feita de forma lenta, de preferência com máscara, para realizar a desinfecção. O produto seca rapidamente e a durabilidade da proteção é de, em média, cinco horas.

Outros locais – Além do equipamento instalado na BR-324, outras duas cabines de desinfecção também já estão em funcionamento. Uma delas está situada na unidade da Seman, localizada em Sete Portas, também destinada aos funcionários.

A outra unidade foi destinada pela Prefeitura ao Abrigo D. Pedro II, em Piatã, que vai beneficiar os 59 idosos acolhidos – pertencentes ao grupo mais vulnerável ao coronavírus – além de funcionários e colaboradores do serviço. A intenção da Prefeitura é disponibilizar outras estruturas do tipo em diversos pontos de Salvador, para atender às pessoas que precisam se deslocar pela cidade durante este período de pandemia.

0
0
0
s2sdefault