Sábado , 28 Março 2020
0
0
0
s2sdefault

Foto: Divulgação

A Associação Pássaro das Águas, sob a direção de Mãe Iara de Oxum, realiza a XI Caminhada da Pedra de Xangô, com tema “Intolerância Não, Respeito Sim!”. O evento, que tem o apoio da Prefeitura, será neste domingo (09), com concentração a partir das 7h30, no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X. O monumento fica próximo do campo, na Avenida Assis Valente.

A Pedra de Xangô, cujas obras para construção do parque em volta do monumento natural foram autorizadas hoje (07) pelo prefeito ACM Neto, é símbolo de resistência. O monumento era usado por escravos que fugiam das fazendas localizadas na região como esconderijo durante o século XIX, . Antes conhecida como Pedra do Buraco da Onça, ela ficava escondida por um matagal, que favorecia os escravos em sua fuga. Hoje, é considerada sagrada pelos religiosos de matriz africana.

Xangô, um dos principais orixás no panteão africano, é o patrono da justiça. Kaô kabiesilê, sua saudação, em tradução aproximada para o português, significa “o rei quis assim”. Tem como parceira mais constante a orixá Iansã, embora se relacione também com Obá e Oxum. A rocha é sua força da natureza e o machado, seu símbolo.

0
0
0
s2sdefault