Quinta-Feira , 20 Junho 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Bruno Concha - SECOM

O Dia da Conscientização contra a Obesidade Mórbida Infantil é celebrado em 3 de junho. Em alusão à data, a Prefeitura, por meio da Secretária Municipal da Saúde (SMS), reforça a prevenção para crianças e adolescentes, com o objetivo de manter a orientação especializada, incentivar o aleitamento materno na primeira infância e promover a adoção de hábitos alimentares saudáveis durante o crescimento desenvolvimento infantil.

Para atender as demandas de atenção à saúde da criança, a Coordenadoria de Atenção Primária à Saúde da SMS conta com 137 Unidades Básicas de Saúde (UBS), sendo 90 pontos com a Estratégia de Saúde da Família (ESF), onde essas práticas são desenvolvidas. Nestes locais são realizados atendimentos ambulatoriais individuais, atividades de promoção à saúde e prevenção de doenças.

O serviço é feito por meio de visitas domiciliares, ações educativas individuais e coletivas nas unidades básicas de saúde e outros equipamentos sociais dos territórios onde as equipes atuam. Além das ações, também é promovido o estímulo ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável. A ação trabalha diretamente com as crianças e familiares, impactando positivamente na prevenção do sobrepeso e da obesidade, como em grupo de gestantes, salas de espera e rodas de conversas.

Os atendimentos individuais com nutricionista podem ocorrer nas UBS e nas Unidades de Saúde da Família (USFs), composta por equipes multiprofissionais de nutricionistas, educadores físicos, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais. Além disso, são ofertadas outras ações de assistência, prevenção a doenças e promoção da saúde, abordando temas como hábitos alimentares saudáveis, alimentos diet e light, rotulagem de alimentos e escolhas de lanches saudáveis.

O município participa ainda de projetos de pesquisa para qualificação das equipes do núcleo de apoio à saúde da família, em parceria com o Ministério da Saúde e Instituições de Ensino Superior.

Obesidade - Caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, a obesidade mórbida é uma doença que pode ser causada diversos motivos, a exemplo de hábitos alimentares ruins, falta de ativada física, alimentos calóricos e herança genética.

Pesquisa realizada pela Organização Mundial de Saúde em 2017 aponta um total de 124 milhões de crianças e adolescentes obesos em todo o mundo. A publicação afirma ainda que a obesidade em crianças se reflete em mudanças comportamentais que causam dietas não saudáveis e inatividade física. Estima-se que até 2025, os casos de crianças com obesidade ou sobrepeso podem chegar a 75 milhões.

“O panorama brasileiro mostra uma tendência crescente de obesidade em adultos e crianças, de modo que todas as ações que visem a promoção de práticas alimentares saudáveis, e consequentemente a prevenção de agravos como a obesidade, são agendas prioritárias da saúde”, afirma Kenya Lima, técnica da Atenção Primária à Saúde de Salvador. Ela lembra ainda que o Guia Alimentar para a População Brasileira e o Guia Alimentar para crianças menores de dois anos, ambos publicados pelo Ministério da Saúde, são ferramentas utilizadas pelas equipes da atenção primária para nortear suas práticas de cuidado aos cidadãos.

Prevenção - Adotar um estilo de vida saudável familiar é fundamental. Os hábitos alimentares das famílias são importantes para o processo de cuidado das crianças com obesidade. A identificação do problema acontece através da verificação do estado nutricional, com aferição de dados antropométricos e avaliação do consumo alimentar. No caso da obesidade mórbida, especificidades precisam ser observadas e avaliadas pelas equipes de saúde especializadas.

Em parceria com o Ministério da Saúde, o município participa do Programa Saúde na Escola, que tem como objetivo promover ações sobre saúde abordando temas como alimentação adequada e saudável, grupos alimentares, vitaminas, minerais e lanches saudáveis. Cerca de 220 escolas municipais participam do projeto e recebem visitas regulares de profissionais de saúde para fazer o acompanhamento de peso e altura das crianças, além de trabalhar diversas temáticas sobre saúde e alimentação saudável.

0
0
0
s2sdefault