Domingo , 20 Outubro 2019
0
0
0
s2sdefault

Foto: Divulgação

O Dia Internacional de Combate à Homofobia é comemorado em 17 de maio. E, para marcar a data, será realizada a 4ª edição do evento Maio da Diversidade com uma série de palestras e bate-papos durante a semana. Organizado pelo Centro Municipal de Referência LGBT, vinculado à Secretaria de Reparação (Semur), o evento tem o objetivo de debater como as questões de gênero e diversidade sexual são abordadas na sociedade atual, além de mostrar a relevância dos temas no cotidiano.

As palestras serão realizadas nos dias 17, 20, 21 e 24 de maio, com horários a definir, no Centro, que fica localizado no Rio Vermelho.

O evento foi pensado para que os assistidos pelo Centro Municipal de Referência e cidadania LGBT e a população de modo geral pudessem discutir, partilhar e construir conhecimentos sobre as questões relacionadas ao corpo, gênero e sexualidade.

Esta edição do Maio da Diversidade irá tratar sobre a história da luta LGBT, empoderamento, gênero, sexualidade e identidade. Além de reunir pesquisadores especialistas de diferentes campos que se dedicam ao estudo temas relacionados ao mundo moderno. Serão debatidos também assuntos como a convivência e as relações constituídas pela sociedade e a população LGBT.

Com temas variados, as palestras terão conteúdos diferentes para cada público-alvo.

 

Confira a programação: 

 

A sexualidade não se esgota na maturidade

Data: 17/05/2019

Palestrantes: Dion Santyago, ativista LGBT; Yorran Neri, ativista LGBT, produtor cultural, ativista social do segmento LGBT e de pessoas idosas, responsável pela parada LGBT de Vila Canária; Cristiane Sarmento, ativista LGBT das Mães da Diversidade e assessora parlamentar. Além de Dirce Novais, graduada em letras em inglês e espanhol pela universidade paulista, Especialista em Educação, Diversidade e Inclusão Social pela Universidade católica Dom Bosco, Mestranda em Serviço Social pelo Programa de Pós-graduação em Serviço Social na UFBA. Pesquisa gênero, geração e sexualidade.

 

Família transgênero, direitos sociais e adoção por casais LGBT

Data: 20/05/2019

Palestrantes: Dr° Walter Ribeiro Costa Júnior, juiz de Direito do Tribunal da Bahia da 5ª Vara da Infância e Juventude; Drª Lívia Sant’Anna Vaz, promotora de Justiça e coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate a Discriminação (GEDHDIS) do Ministério Público do Estado da Bahia; Leokret do Brasil, ex-vereadora e ouvidora do Município de Salvador e digital influencer.

 

Transgeneralidades: Onde começa o respeito à pessoa trans?

(Violência contra a mulher LGBT, mulheres vítimas de intolerância religiosa, racismo, misoginia, bullying e machismo)

Data: 21/05/2019

Palestrantes: Bia Mathieu (Bia Imperial), mulher trans, ativista, jornalista, mestranda em cultura e sociedade pela UFBA; Rosy Silva, graduanda em Direito, ativista LGBT, responsável pela parada LGBT do subúrbio e empresária; Alessandra Silva, auxiliar técnico em enfermagem e ativista LGBT; Bruno Santana, homem trans, professor de Educação Física, ativista LGBT e assessor parlamentar; Thifanny Odara, pedagoga especialista em gênero e sexualidade e etnia, educadora social e ativista LGBT.

 

Ações e desafios para a qualificação da população LGBT para a sua inserção no mercado de trabalho

Data: 24/05/2019

Palestrantes: Gisele Adão, representante do Comitê Executivo Latino Americano, integrante do Grupo Direto de Trabalhadoras e Trabalhadores LGBT da UITA; Jéssica Fernanda, diretora da SINDMETAL em Pernambuco e ativista LGBT.

 

A discussão e desconstrução de tabus pelos influenciadores digitais

Data: 24/05/2019

Palestrantes: Kêu Salvador, digital influencer; Luís França, ourives, digital influencer e empresário. Nildo Oliveira, digital influencer, empresário; Leokret do Brasil, digital influencer, ex-vereadora, ouvidora do Município de Salvador; Nininha Problemática, digital influencer e cantora. Kell Torres, digital influencer, empresário, ativista social, dono do Material de Construção Torres.

0
0
0
s2sdefault