Segunda-Feira , 16 Setembro 2019
0
0
0
s2sdefault

Ônibus, mototáxi, táxi ou até mesmo a carona solidária. Para quem vai curtir o Festival Virada Salvador 2019, que acontece entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro, na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, as opções são as mais viáveis para o deslocamento. A estimativa é que mais de 2 milhões de pessoas assistam aos 28 shows, durante os cinco dias de evento. Embora exista a oferta de vagas Zona Azul ao longo da Avenida Octávio Mangabeira, além de um estacionamento na área ao lado do festival, para o titular da Transalvador, Fabrizzio Muller, o uso do transporte de massa é, sem dúvida, a melhor alternativa para evitar transtornos.  

Ano passado, quase 1 milhão de pessoas utilizaram transporte público para curtir os cinco dias de festa. Em esquema de plantão 24 horas, o sistema municipal de transporte ofertará, este ano, 700 ônibus, sendo 400 convencionais e 300 do Sistema de Transporte Especial Complementar (Stec). Além disso, será disponibilizada a linha exclusiva Estação Pituaçu x Boca do Rio, com oferta de 18 veículos operando das 18h até meia-noite. Já no dia 31 de dezembro, essa linha irá operar com uma frota de 36 veículos. Para facilitar ainda mais o deslocamento, a Prefeitura regulamentou 1.100 mototaxistas, 400 a mais do que no ano passado. 

Caronas – Para quem não abre mão de ir de carro, a dica é o esquema de “carona solidária”. O ideal é que os veículos sejam divididos e tenham a ocupação máxima de lotação, diminuindo a quantidade de carros a serem estacionados no entorno da festa. Este ano, serão oferecidas aproximadamente 1.200 vagas de Zona Azul ao longo da Avenida Octávio Mangabeira, ao valor de R$20. 

O condutor poderá optar por adquirir as cartelas em papel com os guardadores, ou utilizar os aplicativos da Zona Azul Digital. Será possível estacionar na região do Jardim de Alah, nos bolsões de estacionamento em frente ao restaurante Cubanakan e do Hotel Alah Mar; na Avenida Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, na faixa à direita entre o Jardim de Alah e o supermercado Walmart; nos bolsões em frente ao Parque de Pituaçu, sentido Pituba, e em frente às quadras na Boca do Rio, sentido Itapuã; e na Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, a partir do cruzamento com a Avenida Jorge Amado. 

Vantagens – Quem deixa o carro em casa ganha outras vantagens. Além do acesso mais rápido ao evento, evitando engarrafamentos, o cidadão pode consumir bebida alcoólica, sem se preocupar com a direção e o descumprimento das regras do trânsito, podendo cair na Lei Seca. O motorista também evita multas por estacionar em locais proibidos. É importante lembrar também que o transporte público é mais econômico e com acesso mais fácil. 

Operação – Os táxis e mototáxis regulamentados terão acesso livre até a entrada da festa. Cerca de 700 ônibus e microônibus vão circular 24 horas com pontos próximos a Arena Daniela Mercury. O ponto fixo dos 1.100 mototaxistas regulamentados estará posicionado na Avenida Octavio Mangabeira, em frente ao Imeja. No mesmo loca, haverá um ponto fixo de táxi. 

A linha exclusiva Estação Pituaçu x Boca do Rio vai operar com 18 veículos, das 18h até meia-noite. Já no dia 31de dezembro, essa linha irá operar com uma frota de 36 veículos. Mais 56 veículos extras da frota reguladora serão disponibilizados diariamente, entre 22h às 5h, nas imediações do evento e na Estação da Lapa. No dia 31, as 43 linhas irão prolongar o atendimento até às 7h da manhã.

0
0
0
s2sdefault