Terça-Feira , 18 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) recebeu nesta quinta-feira (11) a instalação do Programa de Combate à LGBTfobia Institucional. Coordenado pela Secretaria Municipal de Reparação (Semur), a iniciativa visa promover o enfrentamento a este problema em todos os órgãos e entidades da Prefeitura.

Na ocasião, gerentes, supervisores e o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Müller, tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o programa, as metas estipuladas e de que forma podem contribuir com um ambiente mais plural. “Foi uma ótima oportunidade para saber como nós da Transalvador podemos promover ainda mais o respeito à diversidade social nas nossas atuações dentro e fora do órgão”, afirma o superintendente.

Pioneiro no Brasil, a Prefeitura de Salvador implantou o programa para que todas as pessoas, moradores ou turistas, observem a diversidade da população da capital baiana e favoreça a igualdade entre todos os indivíduos.

“A gente não nasce com a discriminação, a gente adquire com a convivência social. Nós não queremos ser vistos como uma cidade onde seus servidores praticam a LGBTfobia. Por isso que investimos na informação com inciativas como o programa de combate a esse tipo de discriminação”, declarou a titular da Semur, Ivete Sacramento.

0
0
0
s2sdefault