Sábado , 16 Dezembro 2017

 

Ação integra o ordenamento do comércio informal na Avenida Sete, e segue em outros pontos da região


Em mais uma ação do ordenamento do comércio informal de Salvador, comerciantes receberam, nesta segunda-feira (12), 32 barracas padronizadas, instaladas na Rua do Cabeça, no Dois de Julho. Os novos equipamentos servirão de apoio para que os trabalhadores possam atuar de forma mais organizada na comercialização de produtos como frutas e verduras. A ação, que é realizada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), tem continuidade no local amanhã (13).

De acordo com o secretário da Semop, Marcus Vinícius Passos, a padronização das barracas também tem por objetivo prezar pela higiene, já que vai possibilitar ao cidadão adquirir produtos comercializados da forma correta. “Com esta operação, é possível organizar a cidade como um todo, liberar vias de acesso para o cidadão transitar sem barreiras ou empecilhos e padronizar o espaço para se tornar mais atrativo para os ambulantes e para a população”, destacou o gestor.

As barracas são compostas de estruturas metálicas com uma lona azul na parte superior e cada equipamento mede 1,20 x 0,80 cm. Outras áreas também estão previstas para receber a ação de ordenamento. Na quarta (14), sexta (16) e no sábado (17) a operação prossegue na Rua 21 de Abril, via conhecida como Rua das Frutas, que é uma transversal da Avenida Sete. Serão entregues aproximadamente 60 barracas neste local. Simultaneamente, também na sexta-feira e no sábado, a operação ocorre com os permissionários localizados em frente à Feira de São Joaquim.  

Há quinze anos trabalhando na região, a permissionária Domingas Mendes aprovou a instalação das barracas e afirmou que o equipamento também vai ajudar a aumentar as vendas. “Essas barraquinhas são uma maravilha. Antigamente, a gente trabalhava em uns tabuleiros bagunçados. Era difícil as pessoas transitaram aqui na rua. Com as barracas a gente mantém as coisas organizadas, chama mais atenção do cliente. É muito bom a gente ter a chance de trabalhar assim nessa área do Dois de Julho”, garantiu.