Sábado , 16 Dezembro 2017

O cortejo cênico do grupo "Personagens Vivos" desfilou pelas ruas do Centro Histórico na manhã desta terça-feira (7), entretendo turistas com performances cheias de ritmo e baianidade. O projeto é promovido Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), e recebeu baianos e turistas para um passeio cultural, histórico e político, saindo da Praça Municipal e finalizando a jornada no Largo do Pelourinho.

Entre os personagens que desfilaram na ação de hoje estavam Carmen Miranda, Michael Jackson, Zumbi dos Palmares, Castro Alves e as personalidades da literatura do baiano Jorge Amado, a exemplo de Tieta do Agreste e Gabriela. Ao todo, o grupo é composto por 15 personagens, que se apresentam em ações receptivas aos turistas desde o verão de 2015.

O cortejo, que foi acompanhado por batuques de um grupo de percussão, atraiu olhares curiosos de turistas como Eduardo Martins, que veio a Salvador pela primeira vez e já faz planos de voltar à terra. “Isso aqui é muito legal. Não tem um personagem em específico aqui que eu goste, eu admiro o todo. Eu acho bacana a capacidade que Salvador tem de divulgar e explorar o lado turístico. Eu sou do Espírito Santo, que também é um estado turístico, mas eles não sabem fazer isso como vocês aqui fazem”, destacou Martins. 

Durante o percurso, os artistas vão fazendo apresentações solo e ressaltando aspectos importantes das personalidades que eles representam. As performances vão desde o gingado pop de Michael Jackson, dos diálogos extrovertidos de Tieta, da malemolência no samba de Carmen Miranda até a intervenção de Castro Alves recitando fragmentos do poema ‘O Navio Negreiro’.

O artista Renato Jackson, que realiza performances há 13 anos e representa o ídolo mundial Michael Jackson, afirmou que o projeto é um compromisso da Prefeitura com os turistas. “Eles idealizam Salvador assim. Eles já conhecem os personagens que estão aqui. Eles estudam nossa cultura e esperam chegar aqui e encontrar tudo aquilo que acreditam fazer parte da cidade. Se os turistas chegam e não encontram essa movimentação, sentem falta. Aqui a gente mistura culturas, e por não estarmos em uma estrutura de palco, as pessoas participam, interagem. Isso é muito bom”, comemorou.

Com a proximidade do Dia da Mulher, que é celebrado nesta quarta-feira (08), a personagem Tieta fez uma homenagem ao espírito de luta presentes nas mulheres. A banda Olodum embalou o público presente ao som da música ‘Mulher Brasileira’, do cantor e compositor Benito di Paula.