Domingo , 15 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura já instalou o primeiro ponto de ônibus sustentável de Salvador. O novo modelo de abrigo foi implantado na Rua Arthur Azevedo Machado, no bairro do Stiep. O projeto, denominado Ponto Verde, é uma iniciativa da Secretaria Municipal Cidade Sustentável (Secis), e faz parte do conjunto de ações para tornar a primeira capital do Brasil cada dia mais verde.

Para o titular da Secis, André Fraga  a iniciativa partiu de exemplos de paisagismo de outras cidades que oferecem uma nova função para os pontos de ônibus. Ele frisou que esse é um projeto piloto e que outros bairros serão contemplados, após conclusão dos estudos e avaliação dos resultados do primeiro equipamento.

A iniciativa é pioneira no estado e proporciona aos usuários o conforto térmico para os dias de calor, pois permite a diminuição da temperatura no ponto, além de causar um impacto visual no paisagismo, com grama, plantas ornamentais e flores da espécie Allamanda cathartica colocadas em cima da estrutura. "Além de ser uma prática altamente sustentável, o teto verde possibilita brincar com a criatividade paisagística, causando uma aparência elegante e requintada", ponderou Felipe Cerqueira, paisagista responsável pelo projeto. 27.01---

Segundo o paisagista, além de reduzir da temperatura de três a cinco graus, o teto verde possui ainda benefícios como redução de custo estrutural, retenção de gases poluentes, isolante acústico e redução do índice pluviométrico nos córregos. "Não há risco de cair, porque ele possui um sistema de drenagem apropriado e pode armazenar até 38 litros de água por metro quadrado".

Estudos feitos em 2013 pela Universidade de São Paulo (USP) mostram que edifícios com jardim no teto podem reduzir 5,3°C da temperatura, e aumentar de até 15,7% à umidade relativo do ar. Além do jardim suspenso, o ponto verde conta também com paraciclo, coleta seletiva e uma mini biblioteca, que faz parte do projeto Livros Livres, incentivando a troca gratuita das obras, como já acontece em outros bairros.

Avanços - Salvador se torna a cada dia uma cidade mais sustentável com as ações da Prefeitura. No total, mais de 42 mil mudas já foram plantadas na cidade desde o inicio da atual gestão. E tem mais: vale lembrar que a capital passou a integrar, em março de 2015, o grupo das cidades do C40 (Cities Climate Leadership Group), que reúne 75 metrópoles do mundo empenhadas em reduzir a poluição causadora do efeito estufa.

Salvador possui ainda uma Política Municipal de Meio Ambiente, aprovada em 2015, que estabelece metas e regras para preservação ao meio ambiente, e os benefícios do IPTU Verde, concedendo desconto a proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade. Outra ação é que, em agosto de 2015, foi lançada a primeira Escola Municipal de Jardinagem Itinerante, que tem como objetivo fazer a plantação de árvores junto com a comunidade, orientando sobre a forma correta de realizar o procedimento.

"Também já instalamos 150 pontos de coletiva seletiva na cidade e criamos um aplicativo só voltado para isso. Nesse aplicativo, chamado Coletiva Seletiva Salvador, a população pode consultar os locais para destinação correta do lixo reciclável", lembrou o secretário André Fraga.

0
0
0
s2sdefault