Domingo , 15 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault
 
 
Em mais uma etapa das ações do programa Salvador Bairro a Bairro, uma equipe formada por representantes de diversos órgãos da Prefeitura realizou vistoria técnica em 16 localidades da Cidade Baixa e Subúrbio, nesta quarta-feira (8). A ação deriva do Ouvindo Nosso Bairro que, no primeiro semestre de 2015, promoveu reuniões em 163 bairros da capital baiana com o objetivo de ouvir as principais demandas da população em relação a diversos temas pertinentes ao cotidiano do município.
 
Durante os encontros, representantes dessas comunidades puderam apresentar à gestão municipal suas necessidades e receberam, em contrapartida, a garantia de que terão o apoio do poder público através da execução de obras e serviços. Lançado oficialmente no mês de junho, este promete ser o maior programa de infraestrutura da capital baiana nos últimos anos, e conta com mais de 100 mil sugestões de origem popular.
 
Com previsão de início em 60 dias, mais de mil obras estão previstas na esteira do programa, cujo orçamento é estimado em R$ 200 milhões, de acordo com o assessor especial do Gabinete do Prefeito, Júnior Magalhães, um dos coordenadores da ação. Segundo ele, estas visitas pontuais servem tanto para avaliar a viabilidade técnica das realizações, como para levantar custos que devem ser apresentados ao prefeito.
 
“Até o final deste mês, vamos verificar in loco a situação de cada comunidade que realizou solicitação por meio do Ouvindo Nosso Bairro para termos a noção exata do que pode ser realizado dentre as demandas da população, bem como a real possibilidade de executar as obras, visto que em muitos casos se torna difícil construir uma quadra de esportes onde não há espaço ou criar um novo equipamento público em locais já beneficiados com determinada ação”, disse.
 
Participam do grupo de apoio às vistorias representantes das secretarias de Manutenção, Urbanismo, Infraestrutura e Defesa Civil, Mobilidade, Ordem Pública (setor de iluminação), Educação, Saúde, Prefeituras-Bairro e líderes comunitários, além da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop) e da Transalvador. Na vistoria de hoje, a equipe esteve nos seguintes bairros: Boa Vista do Lobato, Lobato, Mares, Boa Viagem, Bonfim, Calçada, Caminho de Areia, Mangueira, Massaranduba, Monte Serrat, Ribeira, Roma, Santa Luzia, Uruguai, Vila Ruy Barbosa e Jardim Cruzeiro. Juntos, estes bairros comportam mais de 200 mil habitantes.
 
Segundo Magalhães, após a vistoria técnica, os órgãos participantes devem encaminhar um relatório específico de cada área para o gabinete do prefeito. “Este material será um resumo das principais ações desenvolvidas no período das visitas para que possam ser definidas as estimativas de custo para cada obra do programa”, ressalta.
 
Balanço - A equipe tem até o dia 30 de julho para apresentar o resultado das vistorias, bem como a posterior divulgação das obras que serão executadas pelo programa nos 163 bairros da cidade. Até o momento, a caravana do Salvador Bairro a Bairro já visitou mais de 100 localidades da capital baiana. A região de Cajazeiras, já conta com mais de 75 obras encaminhadas para atender os 17 bairros que compõem a área, com investimento estimado em cerca de R$ 30 milhões.
 
“Ações desse tipo dão à Prefeitura a oportunidade de conhecer de perto as demandas sugeridas pela comunidade, lançando um olhar técnico sobre cada região e aproximando cada vez mais a gestão municipal do cidadão, que tem a certeza de que sua sugestão é realmente analisada. Estamos buscando conhecer cada iniciativa desejada pelos moradores para poder dar um parecer a respeito de determinada solicitação. O mais importante aqui é valorizar o papel do cidadão diante de sua comunidade, oferecendo ideias e colaborando com a Prefeitura para a melhoria do lugar em que vive”, completa Junior Magalhães.
 
0
0
0
s2sdefault