Domingo , 15 Dezembro 2019
0
0
0
s2sdefault
 
A presença maciça de consumidores e o volume considerável de vendas registrado no primeiro final de semana de funcionamento do novo mercado municipal do bairro de Periperi, no Subúrbio, deixaram os comerciantes bastante entusiasmados. Aproximadamente 3 mil pessoas compareceram ao local entre a sexta-feira (3), dia da inauguração oficial do espaço, e o domingo (05), segundo a administração do local.
 
O novo equipamento público oferece infraestrutura, segurança e o apoio constante da Prefeitura para aqueles que trabalhavam na antiga feira da Rua das Pedrinhas. “A estrutura facilitou os procedimentos de compra para o cliente, que já não precisa fazer sua feira habitual em um local imundo onde ele e seus familiares estavam sujeitos a doenças em decorrência da falta de higiene presente naquele lugar”, informa Josevaldo Sampaio, encarregado da Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) no mercado.
 
Ainda de acordo com o funcionário da Semop, o movimento deste primeiro final de semana de vendas deixou os feirantes bastante animados com a possibilidade de crescimento dos seus negócios e a rentabilidade obtida nestes três dias. "O que mais se vendeu por aqui foram produtos hortifrutigranjeiros e frutos do mar. O movimento em geral foi muito bom, mas se notou um crescimento considerável em relação a estes itens", disse.
 
"O movimento deste final de semana realmente nos surpreendeu. A grande maioria dos comerciantes precisou fazer novos pedidos ainda na sexta-feira, devido ao volume de vendas. Temos plena certeza de que este sucesso se deve à mudança de local da feira e, principalmente, à nova estrutura oferecida. Agora estes comerciantes têm como trabalhar em um local mais digno, com segurança, higiene e todo o apoio do município", comemora Rubem Bispo, chefe do setor de Mercados da Semop.
 
Estrutura – O Mercado Municipal de Periperi foi erguido no terreno de uma antiga fábrica localizada na Rua Ambrósio Calmon, em frente aos colégios Cleto Araponga e Antônio Carlos Magalhães. O Mercado Municipal José Pires Castello Branco possui 218 tendas, 20 boxes, 12 pontos para venda de mariscos e hortifrutigranjeiros, uma lanchonete e seis banheiros – dois deles reservados exclusivamente para o uso de pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção. No local, são comercializados pescados, carnes, flores, embalagens, cereais e artigos religiosos, entre outros produtos.
 
Os permissionários também ganharam treinamento e capacitação realizados em parceria entre a Semop e o Sebrae, quando tiveram acesso a conhecimentos sobre a legislação municipal que rege o funcionamento e fiscalização dos mercados públicos, direitos e deveres, preços públicos, formação de associação e licenciamento. Toda a estrutura do novo equipamento segue as regras de acessibilidade necessárias para atender a esse público, contando com rampas e corrimões, além da arquitetura dos banheiros adaptados.
 
Outras estruturas semelhantes estão sendo construídas e/ou reformadas em Cajazeiras, Itapuã, Rio Vermelho, 2 de Julho, Curtume (Baixa do Fiscal) e Liberdade. Também está em fase de projeto a construção dos mercados municipais de São Cristóvão e do Jardim Cruzeiro.
 
0
0
0
s2sdefault