Terça-Feira , 25 Junho 2019
0
0
0
s2sdefault

 

Mais dois trechos da Orla de Salvador ganharão obras em breve: Rio Vermelho e Barra/Ondina. O Rio Vermelho será completamente requalificado, inclusive vias internas, a exemplo das ruas Fonte do Boi, Oswaldo Cruz e Barro Vermelho. A estimativa é que as obras comecem ainda no mês de março. Respeitando as vocações do local para a vida noturna, o projeto elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) prevê intervenções do trecho entre a curva da Paciência até o Quartel de Amaralina, incluindo o Largo de Santana, que contará com um piso com homenagem a Iemanjá. O Largo da Mariquita também será reformado. As obras incluem ainda pavimentação e alargamento dos passeios. 

 

Já o segundo trecho da Orla da Barra foi dividido em duas fases de execução: a primeira compreende a costa litorânea entre o Barra Center e o Clube Espanhol, e o segundo trecho segue até a Curva da Paciência, incluindo a Praça Orungan. A primeira fase começa a receber intervenções já nos próximos dias, e a segunda fase ainda dependerá do lançamento do edital das obras. Entre as melhorias estão construção de ciclovia, alargamento do passeio dos dois lados e nova iluminação pública. 

 

Praia do Flamengo - Está em fase avançada o projeto final para requalificação da orla da Praia do Flamengo. Tudo será pensado respeitando o perfil do local, sobretudo a vegetação de restinga preservada. Entre as intervenções já previstas está a construção de ciclovia e pista para caminhada, quadras de esporte, quiosques, espaços reservados para práticas de skate e yoga, além de uma área específica para espectadores de campeonatos de surf e uma de contemplação. “Essa é uma área com forte caráter ambiental, e é por isso que estamos construindo um projeto respeitando esse perfil”, afirma a presidente da FMLF, Tânia Scofield. 

 

Em andamento – Avançam em ritmo acelerado as obras nos trechos de Itapuã, Piatã e Jardim de Alah. O novo espaço contará com ciclovia, área para roda de capoeira, convivência de pescadores e apresentações culturais, pista tátil, quiosques, além de equipamentos exclusivos para baianas de acarajé. Piatã também contará com quiosques, novo paisagismo com plantio de coqueiros e plantas ornamentais, ciclovia, equipamentos de ginástica, acessibilidade e revitalização da iluminação. O Jardim de Alah segue o mesmo padrão, com destaque para o calçadão, que pode chegar a seis metros de largura. A expectativa é que os três trechos sejam finalizados até julho. Também passa por requalificação a Orla da Ribeira, que registra nível avançado das obras.

0
0
0
s2sdefault