Sábado , 23 Março 2019
0
0
0
s2sdefault

A partir desta quinta-feira (26), os moradores e comerciantes formais e informais da região do Centro da cidade estão sendo orientados para a importância do descarte correto de resíduos sólidos. A ação é promovida pela Prefeitura do Salvador, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) e apoio da Secretaria Cidade Sustentável (Secis), junto com a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb). O ponto de partida foi a Praça Carneiro Ribeiro, em Nazaré, e na ocasião foram informadas às pessoas as datas e horários de coleta pública de resíduos sólidos domiciliares, comerciais e varrição. 01

 

Além da orientação, os fiscais da Semop também fiscalizam e notificam os comerciantes e moradores que jogam lixo de forma inadequada. Já os agentes da Limpurb realizam a varrição, visando evitar o acúmulo de lixo no local. As pessoas flagradas sujando as ruas são notificadas. Em caso de reincidência, serão multadas.       

       

Segundo a secretária da Semop, Rosemma Maluf, a ação faz parte do Programa Território Empreendedor, que tem o objetivo de promover a requalificação urbana e o desenvolvimento socioeconômico na região da Avenida Sete de Setembro, Rua Carlos Gomes, Avenida Joana Angélica, Largo Dois de Julho e Baixa dos Sapateiros. “As ações são promovidas por meio da Semop e contam com a parceria de entidades como o Sebrae, Senac,Fecomércio e CDL, tendo como principais interesses a revitalização do comércio na localidade e oferecer um serviço de qualidade a população”, destacou.        

 

Ainda segundo a secretária, dentro das comemorações pelo centenário da Avenida Sete, em 2016, o Programa Território Empreendedor contempla o projeto de transformar a região em um shopping a céu aberto. A localidade passará a ser um centro de lazer com ações culturais, como a criação do São João da Avenida Sete, dentre outras atividades.

 

Com atuação na Avenida Sete há cerca de 20 anos, o líder dos ambulantes da Rua Carneiro Ribeiro, Talmar Luiz dos Dantas Nascimento, afirmou que as ações de conscientização têm sido realizadas pelos comerciantes e população. “Quando alguém joga o lixo no chão, todos reclamam e procuram manter a higiene pós-varrição. O descarte é sempre realizado nos locais orientados pela Limpurb”.

 

A chefe da fiscalização da Limpurb, Yvelize Moreira, confirmou que a coleta tem contado com a colaboração dos próprios comerciantes. “Cada rua tem um líder dos ambulantes que auxilia nas nossas ações de conscientização das praticas irregulares do descarte do lixo e de urinar na rua”, destacou.      

0
0
0
s2sdefault