Quinta-Feira , 18 Abril 2019
0
0
0
s2sdefault

 

A Prefeitura de Salvador realiza intervenção em quatro das dezesseis passarelas que vão passar por requalificação, dentro do Programa de Recuperação de Passarelas da cidade. Todo o trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) e cumpre todos os requisitos de segurança necessários, não oferecendo qualquer risco aos cidadãos que utilizam o equipamento público.

 

Os quatro equipamentos em estágio avançado de manutenção estão localizados no Detran, Iguatemi, Bonocô (altura da concessionária Novo Tempo) e Chame-Chame. Todos os equipamentos sofrem inspeções periódicas para assegurar a continuidade da utilização, mesmo durante o período de consertos. As passarelas terão os pisos trocados, receberão consertos e trocas das treliças, quando necessário, cobertura antiferrugem e pintura adequada. 

 

Os trabalhos estão mais adiantados na estrutura localizada em frente ao antigo Shopping Iguatemi. Do local já foram retirados 262 pisos de um total de 485. Cada peça pesa cerca de 140 kg e o metro quadrado tem capacidade para suportar até 1,2 tonelada, o que equivale a dez pessoas pesando 120 quilos cada. Como a manutenção do equipamento se dá durante a madrugada, é necessário respeitar certo período de espera entre a colocação adequada das placas de concreto e a aplicação do rejunte com argamassa. 

 

De acordo com o secretário da Seman, Marcílio Bastos, por se tratar da passarela mais movimentada da cidade, o equipamento exige cuidados especiais. "O trabalho está sendo executado com todo o cuidado necessário. Tentamos impactar o mínimo possível o cotidiano do cidadão e do trânsito da região, principalmente devido às características da via. Por conta disso optamos por realizar os reparos durante a madrugada, entre 23h e 4h, levando o mínimo de desconforto aos usuários", afirma.   

 

Ainda de acordo com Marcílio Bastos, as passarelas da cidade passam por constantes vistorias em intervalos de, no máximo 30 dias. "A exceção é justamente a passarela do antigo Iguatemi, que recebe supervisão diária devido ao volume de pessoas que circulam por ela todos os dias." 

 

De acordo com dados divulgados pela Seman, desde janeiro de 2013, as passarelas do município vem passando por constantes serviços de manutenção preventiva. Essa prática é uma novidade para os equipamentos da cidade, já que antes eram realizados apenas trabalhos corretivos e, com isso, as estruturas apresentavam estágio avançado de deterioração. 

 

Procedimentos - Dentre os reparos realizados nas composições, há a troca parcial ou total dos pisos, realizada a depender do desgaste ocasionado pelo volume de pedestres ou ação do tempo, além de lixamento, solda, aplicação de solução anticorrosiva e pintura das estruturas metálicas. "As armações começam a apresentar desgaste devido à ação do tempo, já que as coberturas projetadas anteriormente permitiam a passagem da água da chuva. Além disso, os pisos perdem parte da composição devido ao movimento constante das pessoas. Nestes casos, recomenda-se a troca total", diz Marcílio Bastos. 

 

Durante a realização dos reparos nas passarelas, a Seman conta com o apoio da Transalvador, da Casa Civil e da Diretoria de Iluminação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). Há ainda um projeto para construção de uma nova passarela na Feira de São Joaquim, cuja previsão de entrega é de até três meses, a contar da data de início da obra.

 

Passarelas a serem recuperadas: 

 

- Avenida ACM: Hospital Teresa de Lisieux; 

- Avenida ACM: Centro Empresarial Iguatemi;

- Avenida Bonocô: concessionária Cresauto;

- Avenida Bonocô: loja Casa Eloy;

- Imbuí;

- Avenida Vasco da Gama: altura da Perini;

- Avenida Vasco da Gama: altura do Posto São Jorge;

- Vale dos Barris;

- Centro Administrativo da Bahia;

- Avenida Carybé;

- Avenida Paralela: imediações do Extra Paralela;

- Avenida Paralela: Estação Mussurunga. 

 

0
0
0
s2sdefault