Quinta-Feira , 20 Junho 2019
0
0
0
s2sdefault

 

 

Terá início em março os trabalhos de restauração da escultura "Sereia de Itapuã", símbolo da cultura e da religiosidade soteropolitanas, localizada na avenida Octávio Mangabeira. A recuperação da obra está a cargo da Gerência de Monumentos e Espaços Públicos da Fundação Gregório de Matos (FGM), e faz parte da requalificação da orla do bairro, cuja conclusão está prevista para o final deste semestre. 

 

"Devido à proximidade com o mar, a estrutura precisará passar por um processo para a remoção da oxidação, com aplicações de produtos anticorrosivos especializados. Além disso, a estátua terá a pintura totalmente refeita na cor prata original da obra", afirma o gerente de Monumentos da FGM, Cássio Ribeiro, adiantando que ainda será escolhido o escultor responsável pelo processo de restauro. De acordo com Ribeiro, os serviços devem ser concluídos em 30 dias e a escultura será devolvida ao local junto com a conclusão das obras de requalificação da orla. 

 

Esculpida em ferro pelo artista plástico Mário Cravo, em 1958, a obra - que mede 1,60 m e é uma homenagem do artista aos pescadores do bairro - foi restaurada pela primeira vez em 2000. Agora, devido ao desgaste ocasionado pelo salitre, o monumento necessita de novos cuidados. 

 

Outras restaurações - Além da Sereia de Itapuã, a FGM está trabalhando na restauração de outros três monumentos: o Memorial Clériston Andrade, na avenida Garibaldi; o Relógio de São Pedro, na Praça Barão do Rio Branco, e a estátua do Barão do Rio Branco, localizada no mesmo local. Ainda neste semestre, a Fundação dará início às reformas de mais duas obras: a estátua de Dom Pedro II, em Nazaré, e o busto de Lázaro Zamenhof, no Largo de São Bento. 

 

Desde janeiro de 2013, quando teve início da gestão do prefeito ACM Neto, 17 obras já foram recuperadas em Salvador: 

 

- Marco de Fundação da Cidade do Salvador, no Porto da Barra

- Busto do Major Cosme de Farias, em Cosme de Farias

- Estátua de Pelé, na Arena Fonte Nova

- Estátua de Vinícius de Morais, em Itapuã

- Escultura Cetro da Ancestralidade, no Rio Vermelho

- Busto de Presciliano Silva, no Palácio da Aclamação

- Esculturas Meninas do Brasil, em Ondina

- Estátua de Thomé de Souza, na Praça Thomé de Souza

- Fonte do Tororó, no Dique do Tororó

- Fonte Margem do Dique, no Dique do Tororó

- Fonte da Bica, na Avenida Vasco da Gama

- Fonte das Pedras, na Ladeira da Fonte das Pedras, em Nazaré

- Estátua do Visconde de Cayrú, no Comércio

- Monumento a Jorge Amado, no Imbuí

- Efígie Stefan Zweig, no Porto da Barra

- Herma do Almirante Tamandaré, no Porto da Barra 

- Busto de Dodô e Osmar, na Praça Castro Alves

0
0
0
s2sdefault