Quarta-Feira , 14 Novembro 2018
0
0
0
s2sdefault

 

Os Velo-Táxis, nova alternativa de transporte sustentável no país, já estão funcionando gratuitamente na Praça Thomé de Souza transportando passageiros ao Pelourinho até o próximo domingo (13). A implantação dos triciclos na cidade é uma de iniciativa do Escritório Municipal da Copa (Ecopa) e do Movimento Salvador Vai de Bike, numa parceria com a empresa Cycle’ONE, responsável pelo equipamento.

triciclo

 

 

 

O transporte é um triciclo de fabricação francesa, em polietileno e movido à energia elétrica. Tem capacidade para um condutor e dois passageiros, suportando cargas de até 150 quilos. Inicialmente, o produto, que é uma alternativa sustentável para a mobilidade urbana, será utilizado para transportar em curtos trajetos gestantes, idosos e indivíduos que possuam dificuldades motoras.

 

Em áreas como o Pelourinho, onde existem muitas ladeiras, além de pavimento de paralelepípedo, o equipamento será uma forma de atrair turistas e visitantes com mobilidade reduzida que poderão conhecer as belezas da cidade com maior comodidade. Segundo o diretor executivo da Cycle’ONE, Itamar Ferreira, o equipamento possui total aderência ao pavimento da região, além da estabilidade necessária para atuar nas diversas áreas da capital baiana.

triciclo1

 

Durante a fase de teste, que vai até o próximo domingo (13) no Pelourinho e depois para outros pontos da cidade, dois Velo-Táxis estão sendo utilizados no período das 10h às 17h30. A previsão é de que até o fim do ano mais quatro triciclos cheguem a Salvador e que em até dois anos 50 veículos estejam rodando em diversos pontos da capital baiana. As próximas áreas onde os veículos serão testados ainda serão divulgadas.

 

 

Salvador é a primeira cidade do país a aderir à utilização do triciclo Velo-Táxi, que já é utilizado internacionalmente. Segundo Itamar, a escolha da capital baiana foi motivada pela sua forte ligação com a terra. “Sou soteropolitano e queria que a minha cidade fosse a primeira a utilizar esta tecnologia", comentou. De acordo com o secretário da Ecopa, Isaac Edington, a implantação de tarifa e outros mecanismos que envolvam o funcionamento dos triciclos ainda estão sendo estudados.

 

 

 

 

 

0
0
0
s2sdefault