Domingo , 16 Dezembro 2018
0
0
0
s2sdefault

Mais uma unidade de ensino em situação precária será demolida e terá a reconstrução iniciada pela Prefeitura na quinta-feira (7): é a Escola Municipal Engenho Velho da Federação, localizada na Primeira Travessa Neide, 27 (também conhecida como Rua Marinalva, com entrada pela Avenida Vasco da Gama, antes do Conjunto Santa Madalena). A autorização para a demolição será dada pelo prefeito ACM Neto no próprio local, às 9h30, ocasião em que também será assinada a ordem de serviço para início imediato das obras. O secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, também estará presente. 

 

Para erguer o novo imóvel, que terá 1.643 m² de área construída, serão investidos R$4,9 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A ação é realizada dois meses após o anúncio oficial, ocorrido durante o início das obras de reforma de 150 casas no bairro pelo programa Morar Melhor, em outubro. Esta é a quarta das 16 escolas municipais antigas que serão demolidas e reconstruídas, sob a coordenação da Smed. 

 

A unidade de ensino terá sala de coordenação, secretaria, diretoria, sala dos professores, depósito de material didático, sala para Atendimento Educacional Especializado (AEE), sala multiuso, sala de leitura e solário. Também farão parte da estrutura quatro salas de ensino infantil com banheiro, oito salas de aula, parque infantil, quadra poliesportiva, refeitório, cozinha, triagem de alimentos, depósito de merenda, lavanderia, depósito de material de limpeza, rampa e sanitários para alunos, professores, funcionários e pessoas com deficiência, além de guarita. 

 

Atualmente com 300 alunos, as atividades da Escola Municipal Engenho Velho da Federação estão sendo realizadas em um imóvel alugado nna Avenida Vasco da Gama, próximo à entrada do Ogunjá. Quando estiver pronta, a nova estrutura terá capacidade para abrigar 480 alunos - um incremento de 60%.

0
0
0
s2sdefault