Quarta-Feira , 18 Julho 2018
0
0
0
s2sdefault

Inserida no Plano de Desenvolvimento Urbano de Salvador (PDDU), o Parque da Lagoa dos Pássaros, localizada no Stiep, será totalmente reurbanizada pela Prefeitura. A ordem de serviço para o início imediato das obras no local foi assinada pelo prefeito ACM Neto nesta quinta-feira (12), acompanhado de gestores municipais e moradores. A intervenção será feita em uma área de 2,6 mil m², com investimento de quase R$825 mil e conclusão prevista para novembro deste ano. 

 

Todo o projeto de reestruturação do lugar foi desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e as obras serão realizadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). A iniciativa atende a uma demanda antiga da comunidade, que sofre com o abandono, a degradação e a insegurança de uma importante área ambiental da capital baiana.

 

Uma das principais líderes comunitárias do bairro, Elenice Velame agradeceu à administração municipal por reconhecer a luta dos moradores pela preservação do Parque da Lagoa dos Pássaros. “Agradecemos essa iniciativa da prefeitura de incentivar a ocupação dos espaços públicos. Essa lagoa é linda e tem uma fauna e flora muito grandes. Estudiosos do Instituto de Biologia da Ufba identificaram aqui uma árvore com 200 anos de existência. Temos aves migratórias que vêm todos os anos do Canadá, entre os meses de junho e agosto, fazer pouso aqui. No entanto, aqui só servia para rota de fuga de marginais, tráfico de drogas e moradores de rua. Lutar por essa área é uma questão de sobrevivência”, pontuou.

 

De acordo com o prefeito ACM Neto, o projeto de requalificação urbana faz parte da primeira etapa de implantação do parque e engloba adequação e cuidado com todo o paisagismo. “A segunda etapa é o desenvolvimento de uma série de atividades, inclusive educacionais, para garantir a preservação do local. Será aproveitado também esse espaço para desenvolver especialmente um estudo sobre os pássaros em nossa cidade. Vai ser um parque de grande utilização por toda a comunidade, numa demonstração clara do compromisso da gestão em investir no meio ambiente e preservar o patrimônio natural de Salvador”, relatou.

 

Novos espaços – O prefeito pontuou também que, até dezembro de 2020, a cidade receberá sete novos parques, incluindo o dos Ventos, na Boca do Rio, ao lado onde será construído o novo Centro de Convenções de Salvador.  Os demais são os parques Pedra de Xangô, em Cajazeiras X; Marinho da Barra, na Barra; da Ilha dos Frades e do Arraial do Retiro, nas localidades de mesmo nome; e a requalificação do Jardim Botânico, na Mata dos Oitis. “As ações vão dar um novo aspecto ao espaço urbano e garantindo mais qualidade de vida da população”, disse o gestor. A iniciativa faz parte do conjunto de ações do programa Salvador 360 – Cidade Sustentável.

 

O titular da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis), André Fraga, lembrou que os novos parques estão presentes no PDDU de 2016, que criou mais de 19 milhões de metros quadrados de áreas protegidas. “Esse foi o primeiro passo para que parques e remanescentes de Mata Atlântica sejam preservados, ampliando o acesso do cidadão às áreas verdes de lazer soteropolitanas.”

 

Estrutura – A requalificação do Parque da Lagoa dos Pássaros envolverá a implantação de praça, espaço para contemplação, área de trilha e deques. A lagoa está situada numa região de vale e a reforma foi elaborada por solicitação e com a participação da comunidade local. Dentre as intervenções constam prioridade para a acessibilidade, recuperação e ampliação da pista de caminhada já existente, que passará a contar com piso de cimento.

 

Além disso, estão previstas a instalação de espaço para piquenique, praça de esportes com parque infantil, equipamentos para musculação e ginástica, espaço para capoeira, paraciclos e estacionamento via Rua Arthur de Azevedo. A reforma contempla ainda a edificação existente no local, que será utilizado para abrigar um posto de observação e uma sala multiuso voltada para atividades ligadas à preservação do meio ambiente, dentre outras intervenções.

 

 

Inserida no Plano de Desenvolvimento Urbano de Salvador (PDDU), o Parque da Lagoa dos Pássaros, localizada no Stiep, será totalmente reurbanizada pela Prefeitura. A ordem de serviço para o início imediato das obras no local foi assinada pelo prefeito ACM Neto nesta quinta-feira (12), acompanhado de gestores municipais e moradores. A intervenção será feita em uma área de 2,6 mil m², com investimento de quase R$825 mil e conclusão prevista para novembro deste ano. 

 

Todo o projeto de reestruturação do lugar foi desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e as obras serão realizadas pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop), vinculada à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). A iniciativa atende a uma demanda antiga da comunidade, que sofre com o abandono, a degradação e a insegurança de uma importante área ambiental da capital baiana.

 

Uma das principais líderes comunitárias do bairro, Elenice Velame agradeceu à administração municipal por reconhecer a luta dos moradores pela preservação do Parque da Lagoa dos Pássaros. “Agradecemos essa iniciativa da prefeitura de incentivar a ocupação dos espaços públicos. Essa lagoa é linda e tem uma fauna e flora muito grandes. Estudiosos do Instituto de Biologia da Ufba identificaram aqui uma árvore com 200 anos de existência. Temos aves migratórias que vêm todos os anos do Canadá, entre os meses de junho e agosto, fazer pouso aqui. No entanto, aqui só servia para rota de fuga de marginais, tráfico de drogas e moradores de rua. Lutar por essa área é uma questão de sobrevivência”, pontuou.

 

De acordo com o prefeito ACM Neto, o projeto de requalificação urbana faz parte da primeira etapa de implantação do parque e engloba adequação e cuidado com todo o paisagismo. “A segunda etapa é o desenvolvimento de uma série de atividades, inclusive educacionais, para garantir a preservação do local. Será aproveitado também esse espaço para desenvolver especialmente um estudo sobre os pássaros em nossa cidade. Vai ser um parque de grande utilização por toda a comunidade, numa demonstração clara do compromisso da gestão em investir no meio ambiente e preservar o patrimônio natural de Salvador”, relatou.

 

Novos espaços – O prefeito pontuou também que, até dezembro de 2020, a cidade receberá sete novos parques, incluindo o dos Ventos, na Boca do Rio, ao lado onde será construído o novo Centro de Convenções de Salvador.  Os demais são os parques Pedra de Xangô, em Cajazeiras X; Marinho da Barra, na Barra; da Ilha dos Frades e do Arraial do Retiro, nas localidades de mesmo nome; e a requalificação do Jardim Botânico, na Mata dos Oitis. “As ações vão dar um novo aspecto ao espaço urbano e garantindo mais qualidade de vida da população”, disse o gestor. A iniciativa faz parte do conjunto de ações do programa Salvador 360 – Cidade Sustentável.

 

O titular da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis), André Fraga, lembrou que os novos parques estão presentes no PDDU de 2016, que criou mais de 19 milhões de metros quadrados de áreas protegidas. “Esse foi o primeiro passo para que parques e remanescentes de Mata Atlântica sejam preservados, ampliando o acesso do cidadão às áreas verdes de lazer soteropolitanas.”

 

Estrutura – A requalificação do Parque da Lagoa dos Pássaros envolverá a implantação de praça, espaço para contemplação, área de trilha e deques. A lagoa está situada numa região de vale e a reforma foi elaborada por solicitação e com a participação da comunidade local. Dentre as intervenções constam prioridade para a acessibilidade, recuperação e ampliação da pista de caminhada já existente, que passará a contar com piso de cimento.

 

Além disso, estão previstas a instalação de espaço para piquenique, praça de esportes com parque infantil, equipamentos para musculação e ginástica, espaço para capoeira, paraciclos e estacionamento via Rua Arthur de Azevedo. A reforma contempla ainda a edificação existente no local, que será utilizado para abrigar um posto de observação e uma sala multiuso voltada para atividades ligadas à preservação do meio ambiente, dentre outras intervenções.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

O prefeito ACM Neto e a secretária de Reparação, Ivete Sacramento, inauguram nesta terça-feira (10), às 9h30, a Casa dos Estudantes Quilombolas, localizada na Rua Doutor Otaviano Pimenta, n° 08, Matatu de Brotas (no sentido Brotas, a segunda entrada à direita). A estrutura irá atender, a princípio, 30 estudantes universitários oriundos das comunidades quilombolas da Ilha de Maré que precisavam de suporte para permanecer na cidade.  

 

Fruto do Programa de Ações Afirmativas para a Comunidade Quilombola em Salvador, o novo espaço visa assegurar condições básicas de moradia a alunos de Ilha de Maré que estejam matriculados de forma presencial em entidades de ensino superior sediados na capital baiana, mas que encontram dificuldades no deslocamento para frequentar as aulas.

 

 As comunidades que serão atendidas pela Casa dos Estudantes Quilombolas são Bananeira, Martelo, Passa Cavalo, Praia Grande e Santana. O imóvel é bem amplo e confortável, possuindo sala de estudo, área de lazer, sete quartos, cinco banheiros e duas copas.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, assina nesta sexta-feira (06), em Salvador, portaria liberando recursos para o Hospital Municipal. A solenidade, com a presença do prefeito ACM Neto, acontece às 10h30, no próprio hospital, localizado na Via Coletora B, no final de linha da Boca da Mata. Os recursos foram assegurados após reuniões realizadas em Brasília. O secretário municipal de Saúde, Luiz Galvão, também estará presente na solenidade. Após o ato, o ministro e o prefeito concedem entrevista coletiva e haverá avaliação do funcionamento da unidade de saúde, inaugurada no final de março. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto inaugura nesta quinta-feira (05), às 9h30, mais uma obra de contenção de encosta dentro da Operação Chuva 2018. Com um investimento de R$1,2 milhão, a encosta está localizada na Rua da França, s/n, no bairro de Sete de Abril (próximo ao supermercado Mix Bahia). A obra foi executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), em uma área de aproximadamente 200 metros quadrados, oferecendo mais segurança aos moradores da área em períodos chuvosos. 

 

A obra englobou recomposição de talude, aplicação da técnica de cortina atirantada e instalação de nova rede de drenagem. Além disso, a largura da via foi recuperada – parte da pista já havia cedido por conta da ação da chuva nos últimos anos. A medida beneficia cerca de 30 famílias que vivem na localidade. 

 

Desde 2013, a Prefeitura já entregou 50 obras de contenção de encosta, incluindo esta de Sete de Abril. No momento, outras oito obras do tipo estão em andamento na cidade e 13 serão iniciadas em breve. O investimento total nesse tipo de intervenção por parte do município chega a R$111 milhões. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto, acompanhado de secretários municipais e dirigentes de órgãos, realiza uma série de entregas e vistorias nesta sexta-feira (29), como parte do projeto Gabinete da Prefeitura em Ação. As atividades começam às 9h30, com a entrega da requalificação da escadaria da Rua do Eco (entrada à direita logo após o posto Shell da Rua Osvaldo Cruz, em Amaralina). Na sequência, a equipe realiza a entrega da geomanta da Rua da Horta, em Santa Cruz. A ação inclui ainda vistoria nas obras de requalificação da praça e da quadra da Nova República, e entrega da Praça da Elite, todas em Santa Cruz. 

 

 

O Gabinete da Prefeitura em Ação é um projeto pensado para aproximar ainda mais a gestão das comunidades, levando uma série de iniciativas num único dia para uma região específica da cidade. As atividades começaram em 2015 pela região administrativa do Subúrbio, mas já passaram por locais como Itapuã, Cabula e Pau da Lima. Este ano, a região administrativa de Cajazeiras já recebeu o projeto de aproximação da gestão municipal, complementando as visitas realizadas pelo prefeito e secretários periodicamente aos bairros. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O programa Salvador Bairro a Bairro, braço executor das ações solicitadas pelos soteropolitanos à Prefeitura, alcança 2 mil obras entregues com a Unidade de Saúde da Família (USF) do Curralinho (Estrada do Curralinho, s/n, Boca do Rio - sentido Avenida Paralela). A USF, localizada no Distrito Sanitário da Boca do Rio, será inaugurada 9h30 desta quinta-feira (28) pelo prefeito ACM Neto, em uma grande festa com a presença de outras autoridades. 

 

O quadro funcional da USF do Curralinho contará com 40 profissionais, entre médicos generalistas, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal, agentes comunitários de saúde e assistentes administrativos.  

 

A USF do Curralinho será a obra de número 2 mil pedida pela população da capital baiana e executada através do programa Salvador Bairro a Bairro. O programa atua como o braço operacional para execução de demandas solicitadas por meio de canais de consulta, como o programa Ouvindo Nosso Bairro, pedidos captados durante a realização de ações do Gabinete da Prefeitura em Ação (GPA), além de solicitações feitas diretamente ao prefeito durante eventos oficiais por toda cidade. 

 

O programa Ouvindo Nosso Bairro, por exemplo, principal coletor das solicitações, registrou, durante os anos de 2015 e 2017, as principais demandas dos cidadãos para realização de obras de infraestrutura nas diversas comunidades de Salvador. Em 2017, reuniu 72 mil consultas, sendo que 90% de obras já foram concluídas. Entre as principais demandas da população estão intervenções de contenção de encostas e colocação de geomantas em áreas de risco, além de praças, calçamento, escadarias, creches e unidades de saúde.  

 

Números - Dentre as 2 mil obras executadas pelo programa Salvador Bairro a Bairro, destacam-se 575 áreas onde se aplicaram melhorias na iluminação, 240 abrigos de ônibus, 202 limpezas de canal, 173 recapeamentos asfálticos, 162 praças e finais de linhas, 129 escadarias, 119 campos de futebol, 72 quadras esportivas, 62 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), 61 unidades de saúde, 58 academias de saúde, 57 novas ruas e pontilhões, 51 geomantas, 20 encostas, nove módulos-conforto para rodoviários, cinco mercados municipais, quatro Unidades de Pronto-Atendimentos (UPAs) e um Cachorródromo.  

 

Somente entre os anos de 2017 e 2018, foram investidos R$ 275,8 milhões em obras do Salvador Bairro a Bairro. Se divididas entre as Prefeituras-Bairro, as obras do programa somaram 277 intervenções em Itapuã, 264 no Subúrbio/Ilhas, 257 na Liberdade/São Caetano, 259 em Cabula/Tancredo Neves, 237 na Barra/Pituba, 212 no Centro/Brotas, 169 em Cajazeiras, 148 em Pau da Lima, 126 na Cidade Baixa e 51 obras executadas em Valéria. 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Mais um equipamento de lazer será entregue à população nesta segunda-feira (25). Localizada no final de linha do bairro de Santo Inácio, a praça será inaugurada pelo prefeito ACM Neto às 18h30. O espaço possui 792 m² de extensão e vai ofertar à população acesso a recursos de entretenimento e saúde para todas as idades. O local foi projetado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Manutenção (Seman). 

 

Os cidadãos contarão estruturas como parque e espaço infantil, academia de saúde e musculação, mesas para a prática de jogo e bancos modulares. Também foram implantados no local estrutura de pergolado, piso intertravado e acessibilidade total com rampas, possibilitando a utilização do espaço por pessoas com quaisquer dificuldades motoras, além de paisagismo, iluminação e comunicação visual com campanhas educativas.  

 

O projeto desta praça também contou com o uso da tecnologia através de registros aéreos feitos com drone, o que facilitou o traçado do espaço e dinamizou a construção da praça.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A partir desta quinta-feira (14), seis das dez Prefeituras-Bairro de Salvador vão passar a oferecer mais um serviço à população: a emissão de carteira de trabalho. O lançamento da ação acontece às 9h30, na sede da Prefeitura-Bairro Cidade Baixa, na Avenida Porto dos Mastros, 65, Ribeira (em frente à Biblioteca Municipal Edgar Santos). A cerimônia contará com as presenças do prefeito ACM Neto; do secretário municipal do Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), Geraldo Junior; da diretora-geral das Prefeituras-Bairro, Ana Paula Matos; de representantes da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia e demais autoridades. 

 

Além da Cidade Baixa, o serviço também estará disponível nas unidades Cajazeiras, Subúrbio/Ilhas, Pau da Lima, Itapuã e Barra/Pituba. Até o fim deste mês, a emissão das carteiras de trabalho será feita ainda nas unidades Itapuã/Ipitanga, Centro, Liberdade/São Caetano e Valéria. No total, 20 funcionários – dois para cada Prefeitura-Bairro – vão fazer o atendimento ao público, após terem passado por capacitação de 40h, ministrada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Salvador ganha mais uma área de convivência e lazer construída pela Prefeitura, desta vez no bairro da Engomadeira, nesta segunda-feira (11). A cerimônia de inauguração da Praça do Fim de Linha da Engomadeira acontece às 18h30, na Rua da Engomadeira, s/n (fim de linha do bairro), com a presença do prefeito ACM Neto, demais gestores municipais, autoridades, lideranças comunitárias e moradores. 

 

Fruto de um pedido da comunidade, feito através do programa Ouvindo Nosso Bairro, as obras foram realizadas pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal). Os 195 m² de extensão foram ocupados com espaço e parque infantil, paisagismo, acessibilidade através de rampas e piso tátil, academias da saúde e de musculação, mesas de jogos, e banco modular antivandalismo. 

 

A praça também possui pergolado, iluminação e comunicação visual. Foram necessários três meses para o espaço de lazer ser construído. Todo o leiaute do equipamento, desde o estudo da área, drenagem e área permeável, até a localização foi desenvolvido dos atrativos foi desenvolvido pelo Departamento de Engenharia e Arquitetura da Desal, a partir de imagens aéreas produzidas através de drone.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

População contará com mais de 100 pontos de vacinação das 8 às 17h

 O Dia D da campanha nacional de vacinação contra a Influenza em Salvador acontece neste sábado (09), quando serão instalados mais de 100 pontos de imunização pela cidade. O objetivo da estratégia é, principalmente, alcançar as 121 mil pessoas que ainda não foram imunizadas. Neste sábado, a população terá acesso à imunização em locais como shoppings, supermercados, escolas, creches, associações, igrejas e estações de transbordo, além do funcionamento dos tradicionais postos de saúde.  

Neste ano, 88 casos de H1N1 já foram confirmados, com 11 óbitos, sendo o último de uma criança de apenas dois anos. “Estamos com um aumento dos casos de H1N1, que subiu de 79 para 88 casos em um curto intervalo de tempo, o que é preocupante. A imunização é a melhor forma de evitar a doença, que pode evoluir para complicações graves ou até mesmo a morte. O inverno se aproxima e é importante que as pessoas não deixem para a última hora”, pontua a subcoordenadora de Imunização do município, Doiane Lemos.

Durante toda a semana, a imunização estará disponível nos mais de 100 postos de saúde da capital, que funcionam de segunda a sexta-feira (exceto feriado), das 8h às 17h. Iniciada no dia 23 de abril, a campanha de vacinação contra a Influenza, que deveria ser encerrada no último dia 1º, foi prorrogada até o dia 15 de junho. A estimativa é imunizar 90% das 541.451 pessoas elegíveis para receberem o imunobiológico, conforme recomendação do Ministério da Saúde. No entanto, até o momento, apenas 497.526 doses foram aplicadas, ou seja, abaixo da expectativa.

Dos grupos prioritários, as crianças continuam liderando o ranking da menor cobertura (60%), apesar de ser um dos grupos mais vulneráveis a complicações. Na sequência da cobertura estão as gestantes (62,5%) e os idosos (82,5%). Deverão procurar as unidades de saúde idosos (a partir de 60 anos), crianças (de 6 meses a menores de 5 anos: 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), trabalhadores de saúde do serviço público e privado, professores e portadores de doenças crônicas.

O imunobiológico disponibilizado para população é trivalente, que protege contra os sorotipos H1N1, H3N2 e Influenza B. “Todas as estratégias estão sendo adotadas pela Secretaria Municipal da Saúde no sentido de elevar os números, mas contamos também com essa sensibilização por parte da população, já que a preocupação maior não é apenas no alcance de um número, e sim proteger vidas. É importante não deixar para a última hora, já que o imuno leva de 7 a 10 dias para fazer efeito no organismo”, finaliza Doiane Lemos. 

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Nesta sexta-feira (08), será criado o primeiro jardim etnobotânico do Parque em Rede Pedra de Xangô, em Cajazeiras, com o plantio de sete árvores de espécies sagradas do candomblé. As mudas, doadas pelo povo de santo que mora na região, serão das espécies peregun, akoko, sangue lavou, espada de Iansã, tapororoca, kabiciele e aroeira. Durante a ação, também será feito um mutirão de limpeza em frente à Pedra de Xangô, tombada pela Prefeitura no ano passado. As atividades começarão às 9h, na próprio local, em Cajazeiras X. 

 

A iniciativa vai engajar moradores, adeptos das religiões de matriz africana e integrantes do grupo de trabalho de Unidades de Conservação, composto por técnicos da Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação (Secis) e representantes da sociedade civil, como cidadãos, associações, universidades e ONGs. A ação também terá o apoio da Limpurb. 

 

As plantas cultivadas no bosque etnobotânico serão utilizadas para fins religiosos, medicinais e alimentares, atendendo às comunidades que vivem próximas ao parque. A área do lugar - definida no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), em 2016 - reúne doze pontos considerados sagrados pelo candomblé. 

 

Semana do Meio Ambiente - A ação integra as iniciativas da Secis em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na última terça (05), quando a Caravana Mata Atlântica distribuiu 100 mudas de árvores para a população. Até domingo, 183 árvores serão plantadas em diversos locais da capital para comemorar a data, como Ogunjá, Calabetão, Calçada, Cajazeiras e Largo de Roma.   

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto assina nesta segunda-feira (28), às 15h, no Palácio Thomé de Souza, contrato com a Caixa Econômica Federal para o início das obras de dois empreendimentos, o Mané Dendê e o Sol Nascente II, que integram o programa Minha Casa, Minha Vida. Os conjuntos somam 560 unidades habitacionais em localidades do Subúrbio e Barro Duro (CIA – Aeroporto). No mesmo evento, ACM Neto vai falar com a imprensa sobre a previsão de funcionamento dos órgãos públicos municipais esta semana, diante das consequências da greve dos caminhoneiros. 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto e o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, detalham em coletiva nesta terça-feira (22), a partir das 16h30, no Palácio Thomé de Souza, o plano de contingência para minimizar os efeitos da greve dos rodoviários, programada para acontecer a partir desta quarta-feira (23). A Prefeitura vai mobilizar micro-ônibus e até vans para atender a população, aguardando ainda que a decisão da Justiça do Trabalho, que determinou hoje que o Sindicato dos Rodoviários mantenha 50% da frota nos horários de pico e 30% no fluxo normal, seja cumprida pelos trabalhadores. A liminar foi obtida pelo sindicato patronal da categoria.  

 

“É certo que já estamos adotando medidas paliativas. A Prefeitura ingressou com uma medida na Justiça do Trabalho, que já autorizou que 50% da frota circule em horários de pico e 30% nos horários de menor demanda no dia de amanhã na cidade, como diz a lei. Para este plano de contingência, estamos mobilizando vans, micro-ônibus e vendo até na região metropolitana veículos que possam reforçar o transporte da cidade”, pontuou ACM Neto, que vai detalhar toda a operação pela tarde.

 

O gestor ressaltou que a administração municipal tem trabalhado em duas frentes, sendo uma delas tentando evitar o movimento de greve. A outra, no caso de greve, que seja superada o quanto antes. Desde ontem (21), tem sido realizadas diversas conversas com empresários e trabalhadores, na tentativa de sensibilizar ambos os lados para não haver a paralisação no serviço.

 

“Não está fácil (a negociação), porque o primeiro pedido dos trabalhadores foi um reajuste de 6%. Os empresários, inicialmente, não queriam conceder nada, mas já estão admitindo conceder algum reajuste. A discussão foi iniciada com base na reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que é de 1,69%. Talvez tenha margem para conseguir alguma coisinha a mais, justamente para que os trabalhadores possam dizer que tiveram algum ganho real nessa negociação. A gente sabe que hoje o transporte público no Brasil vive um momento de crise, não é apenas em Salvador, e por isso a Prefeitura vem fazendo todo esse esforço de mediação para tentar evitar a greve”, revelou o prefeito.

 

Aumento da tarifa - Nas conversas, duas propostas apresentadas pelos empresários já foram rejeitadas: um novo aumento da tarifa de ônibus e a supressão de 70 linhas, o que poderia significar quase a retirada de mais de 200 ônibus de circulação. “São iniciativas rejeitadas porque afetam diretamente o dia a dia das pessoas, e que resultam em um prejuízo no serviço do acesso do cidadão ao transporte público da cidade”, declarou ACM Neto.

 

A Prefeitura vem conversando com o Ministério Público e com o Tribunal de Contas da União para rever os termos da concessão que foi feita em 2014. Além disso, existe hoje um estudo de auditoria na bilhetagem do sistema que, se for confirmado o desequilíbrio econômico, a administração municipal deverá buscar uma forma de compensação para o próximo ano. “Se a gente tiver que enfrentar um ou dois dias de greve nós vamos enfrentar, sabendo que a cidade paga um preço alto por isso. No entanto, os cidadãos pagariam um preço maior se a Prefeitura aceitasse transformar esse movimento em reajuste da tarifa. Estamos dispostos a dialogar sobre o contrato com os empresários, mas não atropelando tudo e a todos. Esse tempo já passou”, afirmou.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

De uma área sem qualquer utilidade para um espaço com equipamentos esportivos e de lazer para todas as idades. Essa é a realidade da nova praça da Rua da Gratidão, em Colinas de Piatã (primeiro retorno por baixo do viaduto Mestre Didi, sentido orla pela Avenida Orlando Gomes), a ser entregue pela Prefeitura nesta segunda-feira (21), às 18h30. O evento contará com as presenças do prefeito ACM Neto, demais gestores e população. O equipamento de convivência e lazer é fruto de indicação dos próprios moradores, através da segunda edição do programa Ouvindo Nosso Bairro, realizada em 2017. 

 

Com obras realizadas pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), a praça possui 872 m² e, dentre os atrativos, estão parque e espaço infantil, Academia de Saúde, bancos modulares antivandalismo e mesas para jogos. Pergolado, acessibilidade, piso intertravado, iluminação e comunicação visual também podem ser encontrados no espaço. O paisagismo está presente em boa parte da praça – 63% dela é composta por área verde, seguindo o conceito de sustentabilidade nos espaços públicos. 

 

Balanço – Desde 2013, a Prefeitura já construiu, reconstruiu ou recuperou quase 300 praças na capital baiana – apenas em 2018, já são 15 novos locais de convivência e lazer. A iniciativa proporciona tanto o lazer gratuito e a convivência entre as pessoas, mas também a ocupação dos espaços públicos pelos cidadãos. Dentre as entregas feitas este ano estão as das praças Lord Cochrane (Garibaldi), José Roberto dos Santos (Baixinha de Santo Antônio), Dendezeiros (Ribeira) e, mais recentemente, a da Rua Rodrigues Dórea (Jardim Armação).

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Praça Wilson Lins, palco da instalação da piscina olímpica, integrante da Arena Aquática de Salvador, passará por uma ampla requalificação. O prefeito ACM Neto assina ordem de serviço para início das obras nesta sexta-feira (18), às 17h, em evento na Praça Nossa Senhora da Luz (Pituba), que ganhará, na ocasião, uma estátua em homenagem ao escritor João Ubaldo Ribeiro. O evento contará ainda com participação do programa Livres Livros e do grupo Sussurradeiras. 

 

A conexão das praças Wilson Lins e Nossa Senhora da Luz integra o pacote de ações para implantação da Arena Aquática de Salvador, além de intervenções estéticas e viárias na região do Jardim dos Namorados, que permitirão o acesso direto dos veículos da orla, sentido Itapuã/Pituba, para a Avenida Manoel Dias da Silva. 

 

Considerado acesso prioritário para a Arena Aquática, que comportará a piscina olímpica que sediará ações de formação de atletas e disputas de natação, a Praça Nossa Senhora da Luz terá ligação com a Wilson Lins semelhante ao que foi realizado na orla do Rio Vermelho, com a conexão entre a pista e a praça, formando um grande calçadão compartilhado e no mesmo nível, aliando pedestres e veículos num mesmo espaço. 

 

“A integração ocorrerá por meio da pavimentação, tendo a rua como interseção entre as praças. Embora possuam utilização, características e identidades distintas, compõem uma mesma orla. E é justamente esta perspectiva de unidade que buscamos com este trabalho", destaca Tânia Scofield, presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), criadora do projeto. 

 

Wilson Lins – Com 15 mil m² de área, a Praça Wilson Lins passa por uma grande reforma estrutural. Dentre as obras realizadas destacam-se contenção marítima, com a construção de um muro de alvenaria que avança por 100 metros e visa conter a erosão causada pela subida do nível do mar. 

 

Escolhida para receber a piscina de tamanho olímpico - 25 metros x 50 metros -, que integrou o equipamento construído para abrigar os esportes aquáticos da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, a praça conta com parceria entre a Prefeitura e a Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA) e vai beneficiar 2,5 mil crianças e adolescentes com aulas de iniciação esportiva. O espaço receberá ações de paisagismo, novas áreas de lazer e contemplação, além de estacionamento e iluminação. 

 

João Ubaldo – A cultura e o incentivo à leitura também serão contemplados neste processo de intervenção na orla da Pituba. Reconhecido com um dos maiores escritores contemporâneos da língua portuguesa, João Ubaldo Ribeiro (1941-2014), baiano de Itaparica, será homenageado através da estátua. A obra, confeccionada em fibra de vidro e em tamanho natural pela artista Márcia Magno, será implantada na Praça Nossa Senhora da Luz, a pedido da família do escritor. O projeto é fruto de parceria entre a Fundação Gregório de Mattos (FGM) com a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal). 

 

“O trabalho de João Ubaldo é referência e está intimamente vinculado à identidade de Salvador e da Bahia de forma geral. Essa homenagem é uma forma da cidade reconhecer a trajetória de João, buscando apresentar sua obra a leitores da nova geração. Além disso, pensando nesta nova geração, será implantado um QR Code na estátua, de forma que as pessoas, através da leitura do código via celular, possa acessar toda a obra dele por meio digital", explica Fernando Guerreiro, presidente da FGM. 

 

A ação integra a programação do projeto Caminhos da Leitura, da Gerência de Bibliotecas e Promoção do Livro e Leitura da FGM. A iniciativa pretende incentivar a humanização das praças, por meio do hábito e do prazer da leitura, com circulação de livros, exposições, contação de histórias, encontros com escritores, entre outras atividades, em escolas, bibliotecas e praças nos bairros de Salvador. 

 

Além da estátua do escritor, a praça contará com uma caixa do programa Livres Livros, que será abastecida com obras literárias, bem como exemplares da Coleção do Selo João Ubaldo Ribeiro, lançado pela Fundação, que já conta com a publicação de oito obras dos gêneros Conto, Crônica, Literatura Infantil, Dramaturgia, Poesia, Romance e Republicação. 

 

O local ganhou bancos no entorno do monumento, a fim de promover um ambiente de lazer que estimule o prazer da leitura no próprio local. Será possível conhecer um pouco mais sobre o escritor a partir da biografia registrada na placa de inauguração e, virtualmente, através da ação #Reconectar, com impressão de um QR Code. A tecnologia permite acessar, pelo tablet ou celular com leitor de QR Code, a ficha com mais informações sobre o monumento nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto autoriza nesta segunda-feira (14), às 18h, as obras do Morar Melhor para 100 residências da comunidade de Daniel Lisboa, em evento na Praça dos Antigos, na Rua Comendador Pereira da Silva, final de linha. Esta será a décima localidade em 2018 a receber a segunda etapa do Morar Melhor, programa da Prefeitura que promove a reforma de casas em situação precária na cidade, coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra).

 

Os moradores podem escolher até quatro itens a serem realizados na residência: pintura e reboco, troca de esquadrias (portas e janelas), instalações sanitárias (pia e vaso) e recuperação e troca do telhado. A definição dos serviços é feita ainda na etapa de cadastramento, sendo observados os critérios técnicos. Todas as obras são fiscalizadas durante a execução e após a conclusão. O limite orçamentário para cada casa é de R$5 mil.

 

O programa visa resgatar a cidadania e a autoestima da população residente nas áreas contempladas, assim como prestar assistência técnica nas áreas de Arquitetura e Construção Civil e, claro, oferecer moradia mais digna para as pessoas. A seleção das residências é feita a partir de critérios com base nos dados do Censo 2010 do IBGE: predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento, pessoas abaixo da linha de pobreza, maior densidade habitacional e maior predominância de mulheres que são chefes de família.

 

Resultados - Iniciado em 2015, o Morar Melhor já reformou residências em mais de 50 bairros de Salvador e a intenção é chegar, até o fim de 2020, a 40 mil casas. O sucesso do programa resultou no recebimento do Selo de Mérito Especial no Fórum Nacional de Habitação e Interesse Social, em 2017. Concedida pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano, a premiação é conferida a projetos que apresentam resultados de boas práticas em habitação. O modelo também tem sido adotado por outras cidades brasileiras.

 

Além de Daniel Lisboa, as outras localidades beneficiadas com o Morar Melhor este ano são: Alto de Coutos (591 residências), Castelo Branco (200), Ribeira/Mangueira (180), Sete de Abril (180), Boa Vista de São Caetano (301), Cosme de Farias (100), Fazenda Coutos III (558), Arenoso (200), Itinga (200) e Daniel Lisboa (100). Também foi realizada a entrega de 181 casas reformadas na comunidade da Vila Verde, na região de Mussurunga.

 

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto autoriza nesta segunda-feira (14), às 18h, as obras do Morar Melhor para 100 residências da comunidade de Daniel Lisboa, em evento na Praça dos Antigos, Rua Comendador Pereira da Silva, final de linha. Esta será a décima localidade em 2018 a receber a segunda etapa do Morar Melhor, programa da Prefeitura que promove a reforma de casas em situação precária na cidade, coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). 

 

Os moradores podem escolher até quatro itens a serem realizados na residência: pintura e reboco, troca de esquadrias (portas e janelas), instalações sanitárias (pia e vaso) e recuperação e troca do telhado. A definição dos serviços é feita ainda na etapa de cadastramento, sendo observados os critérios técnicos. Todas as obras são fiscalizadas durante a execução e após a conclusão. O limite orçamentário para cada casa é de R$5 mil. 

 

O programa visa resgatar a cidadania e a autoestima da população residente nas áreas contempladas, assim como prestar assistência técnica nas áreas de Arquitetura e Construção Civil e, claro, oferecer moradia mais digna para as pessoas. A seleção das residências é feita a partir de critérios com base nos dados do Censo 2010 do IBGE: predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento, pessoas abaixo da linha de pobreza, maior densidade habitacional e maior predominância de mulheres que são chefes de família. 

 

Resultados - Iniciado em 2015, o Morar Melhor já reformou residências em mais de 50 bairros de Salvador e a intenção é chegar, até o fim de 2020, a 40 mil casas. O sucesso do programa resultou no recebimento do Selo de Mérito Especial no Fórum Nacional de Habitação e Interesse Social, em 2017. Concedida pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos e pelo Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano, a premiação é conferida a projetos que apresentam resultados de boas práticas em habitação. O modelo também tem sido adotado por outras cidades brasileiras. 

 

Além de Daniel Lisboa, as outras localidades beneficiadas com o Morar Melhor este ano são: Alto de Coutos (591 residências), Castelo Branco (200), Ribeira/Mangueira (180), Sete de Abril (180), Boa Vista de São Caetano (301), Cosme de Farias (100), Fazenda Coutos III (558), Arenoso (200), Itinga (200) e Daniel Lisboa (100). Também foi realizada a entrega de 181 casas reformadas na comunidade da Vila Verde, na região de Mussurunga.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Como parte das ações do Dia Municipal de Combate à Poluição Sonora, comemorado na última segunda-feira (7), a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) realiza uma exposição nos próximos dias 11 e 12, no Salvador Shopping, no horário de funcionamento do centro comercial. O evento ocorrerá na entrada principal do shopping, onde serão exibidos os equipamentos sonoros apreendidos pelo órgão. Além disso, serão distribuídos panfletos sobre a legislação municipal e realizados testes audiométricos gratuitos com a presença de um fonoaudiólogo.

A subcoordenadora de combate à Poluição Sonora, Márcia Cardin, espera que essa edição seja tão boa quanto as anteriores. “Recebemos muitos visitantes nas duas primeiras edições. As pessoas se surpreenderam com a quantidade de equipamentos apreendidos, pois muitos não tinham noção de que boa parte dos aparelhos, levados por técnicos da Semop, não é resgatada devido ao valor da multa. Muitos se interessaram pela audiometria, que avalia a audição e identifica possíveis perdas auditivas”, disse.

Esse ano, Salvador registrou 11.266 denúncias de poluição sonora, sendo que as fontes mais denunciadas, até o dia 30 de abril, foram veículos, residências, bares e restaurantes. Os bairros com maior índice de apreensão e reclamação foram Pernambués (340), Liberdade (340) e Cajazeiras (335). Agentes da Operação Sílere fizeram 56 operações, com apreensão de 412 equipamentos.

Em 2017, Salvador teve 47.225 denúncias de poluição sonora. Itapuã foi o bairro com maior parte delas (1.533), seguido por Boca do Rio (1.419), Brotas (1.317), Cajazeiras (1.192) e Pernambués (1.165). Foram feitas 304 operações em diversos bairros, resultando na apreensão de 942 equipamentos.

Para o secretário municipal de Ordem Pública, Marcus Passos, a exposição é mais uma forma de conscientizar. “Salvador ainda é uma das capitais que lideram o ranking nacional de poluição sonora. A incidência do volume acima do permitido tem diminuído, mas ainda há muito o que melhorar. Salvador é a cidade da música, mas isso não quer dizer que tem que ser a capital da baderna. A poluição sonora é um problema de saúde pública”, diz.

O gestor lembra que de 2016 para 2017 houve uma queda de 60 mil denúncias para 47 mil. Segundo ele, se a média dos quatro primeiros meses de 2018 se mantiver, haverá entre 39 e 40 mil denúncias esse ano. “Esse é um resultado das diversas ações que o órgão vem fazendo”, ressalta.

Lei do Silêncio – De acordo com a Lei 5.354/98, o volume permitido entre 7h e 22h é de 70 decibéis e de 60 decibéis das 22h às 7h. A multa varia entre R$ 1.012,51 a R$ 168 mil, de acordo com a quantidade de decibéis excedentes. Uma mala de carro aberta com um volume sonoro que ultrapassa de 25,1 a 30 decibéis, por exemplo, gera uma multa de R$ 6.744,52.

A fiscalização acontece mediante denúncia pelo Fala Salvador, no telefone 156, e através de um roteiro organizado em conjunto com a Guarda Civil e a Polícia Militar, principalmente em locais com alto índice de violência.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), irá capacitar, até o final do ano, interessados em se qualificar como atendentes de telemarketing em Salvador. O programa também conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), onde serão realizadas as aulas, na Praça da Sé. A primeira aula será realizada nesta quarta-feira, às 9h. A iniciativa faz parte do eixo Salvador Negócios, do programa Salvador 360.  

 

As datas para abertura de novas turmas ainda serão divulgadas. Nas datas em que serão realizadas as novas inscrições, os interessados devem procurar a sede da unidade do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM), na Rua Miguel Calmon, no bairro do Comércio, e apresentar carteira de trabalho, RG, comprovante de residência e CPF. Os interessados serão selecionados para turmas mensais até o final do ano.  

 

O processo seletivo para participar do curso conta com quatro etapas - prova escrita, digitação no computador, dinâmica em grupo e psicoteste. Os 30 melhores colocados serão selecionados para participar dos cursos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O prefeito ACM Neto anuncia nesta segunda-feira (07), às 11h, no Palácio Thomé de Souza, as mudanças no secretariado. Novos nomes irão assumir secretarias e órgãos do segundo escalão do governo municipal. As mudanças já vinham sendo discutidas por ACM Neto há alguns dias e visam suprir saídas de titulares em função de disputas eleitorais, questões pessoais e para aprimorar ainda mais a gestão.

0
0
0
s2sdefault

Subcategorias